Notícia

O último dia, pelas equipas portuguesas

Apr 13, 2021

Da fase preliminar da Liga Europeia, apenas o Óquei de Barcelos, entre as equipas portuguesas, deixou o Luso sem passaporte para a Final Four. Mas sem perder qualquer jogo. Técnicos e jogadores analisaram o último dia e a prova. #Video #LigaEuropeia

Todas as cinco equipas portuguesas chegaram ao derradeiro dia da fase preliminar da Liga Europeia com hipóteses de qualificação e apenas o Óquei de Barcelos não logrou o apuramento para a Final Four. No balanço global, não houve qualquer derrota de uma equipa portuguesa nesta fase da prova, numa demonstração de equilíbrio entre elas e de inequívoca superioridade sobre as do país vizinho.

Óquei de Barcelos

O empate frente ao Noia no primeiro jogo, acabaria por ser fatal para as aspirações do regressado à Liga Europeia - 12 anos depois - Óquei de Barcelos. Reinaldo Ventura e Rui Neto sublinhara a atitude de "um grupo forte, de amigos" frente ao Porto, mostrando o valor de uma equipa ambiciosa. O segundo empate em dois jogos, ditaria - no entanto - o afastamento.

Porto

Foi sem pejo que Guillem Cabestany assumiu uma atitude diferente nos derradeiros cinco minutos frente ao Óquei de Barcelos. O empate bastava, mas os dragões procuraram a vitória, até que a ditadura dos minutos aproximava o jogo do fim. Aí, o técnico catalão vinca a capacidade da sua equipa para fazer o que era necessário para assegurar o primordial objectivo de vencer.

Sporting

Satisfeito com os golos marcados, insatisfeito com os sofridos, Paulo Freitas regozijou-se com o objectivo cumprido. Depois da vitórias sobre o Reus, o empate era suficiente para apurar os leões, e a divisão de pontos mantém o Sporting na defesa do título conquistado em 2019. Aos 40 anos (completa 41 no final deste mês), Pedro Gil tem a motivação de sempre, e quer ganhar tudo. Num tom bem humorado, diz que fundamental para golos e assistências (esteve nos três primeiros golos dos leões) é que o treinador o ponha em pista e vinca que "bom, bom, é ganhar tudo".

Oliveirense

Quatro anos volvidos sobre a segunda presença na Final Four da Liga Europeia, a Oliveirense regressa ao palco maior. Paulo Pereira e Jorge Silva vincaram o bom momento da equipa e a ambição de vencer a prova depois da vitória no grupo B. O técnico aproveitou para agradecer aos escalões de formação o trabalho motivacional feito junto dos seniores e para desejar que estes regressem rápido aos jogos.

Benfica

Era tido como o "grupo da morte", mas acabou por ser - na frieza dos números - o que teve um apuramento mais "fácil". O Benfica, que é apenas quarto em Portugal, goleou o Liceo por 2-7 e o Barcelona por 2-6, numa demonstração de superioridade que ecoou e fez mossa no país vizinho. Alejandro Dominguez e Valter Neves destacaram a coesão do grupo e a capacidade de fazer tudo o que foi trabalhado e planeado.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade