Notícia

Afirmação lusa em Barcelona

Jun 05, 2021

O "octa" do Barcelona teve cunho português, com João Rodrigues e Hélder Nunes a serem preponderantes em particular nesta temporada. Os dois campeões do Mundo e da Europa continuarão de blaugrana e vão em busca do "enea". #OkLiga

Carlos Realista foi o primeiro português a alinhar na OK Liga pelo Barcelona, representando os blaugrana na singela temporada de 1987/88, mas não lograria o título. Em 2009/10, Luís Querido, que era júnior, sagrar-se -ia campeão - num 13º título consecutivo do Barcelona - ao alinhar numa partida. Mas a forma como os "cule" olham para os portugueses só agora muda, com a afirmação de João Rodrigues e Hélder Nunes.

O Barcelona celebrou esta temporada o oitavo título consecutivo, com cunho português em três deles.

João Rodrigues chegou em 2018 e apontou 29 golos, ainda um pouco na "sombra" de Pablo Alvarez (que apontou 48), na caminhada para o "hexa". Nos blaugrana já estava um muito jovem "Xano" Edo desde 2017, mas ainda sem oportunidade na equipa principal.

O guarda-redes internacional português seria convocado em 2019/20, chamado para o lugar de Sergi Fernandez numa deslocação a Lleida em que, no entanto, não jogou e que culminou com o triunfo por 0-6. João Rodrigues assinou um hat-trick e Hélder Nunes, na sua primeira temporada na OK Liga, fez um dos seus 17 golos. João terminou com 32, ainda aquém de Pablo Alvarez (e de Pau Bargalló), e o título (o "hepta"), apesar da época prematura interrompida, não escaparia aos blaugrana.

Esta temporada, Xano foi emprestado ao Calafell e os dois portugueses campeões do Mundo afirmaram-se definitivamente no conjunto de Edu Castro.

João Rodrigues assinou 42 golos, sendo que na OK Liga apenas Alex Rodriguez (Reus) marcou mais que ele. Hélder Nunes rubricou 34 (Pablo Alvarez "intrometeu-se" com 37), para um total de 76 golos lusos em 208 apontados, mais de um terço dos tentos da equipa octacampeã.

Continuidade

O acordo de três anos de João Rodrigues com o Barcelona terminava este ano, e o seu regresso ao Benfica chegou a ser discutido. No entanto, a importância de João é crescente e o atacante está como peixe na água. Ou melhor, como catalão na Catalunha, sendo o seu domínio do idioma reconhecido com admiração por pares e jornalistas. E a renovação, já com principio de acordo estabelecido antes das eleições no clube, foi uma formalidade.

João Rodrigues completa 31 anos em Julho e chegou a acordo para mais três temporadas, até 2024. Também acordo até 2024 têm Pau Bargalló e Sergi Llorca, sendo que Hélder Nunes, Ignacio Alabart e Matias Pascual (até 2023), Sergi Fernandez (até 2022) e Nil Roca, cujo termo da ligação não chegou a ser divulgada, terão a continuidade certa.

Este ano terminaria também a ligação de Pablo Alvarez, Sergi Panadero e Aitor Egurrola, mas o anúncio público do prolongamento dos contratos deverá estar para breve, mantendo-se a aposta na equipa que esta temporada ainda vai disputar a Taça do Rei, de 10 a 13 de Junho na Corunha.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade