Notícia

Dragões e leões decidem título nacional

Jun 05, 2021

O título de campeão nacional da I Divisão começa este domingo a ser discutido entre Porto e Sporting. Os dragões procuram o seu 24º título, mas os últimos duelos por troféus têm sorrido aos leões, que procuram o 9º. #PrimeiraDivisão

A final do Campeonato Nacional da I Divisão entre Porto e Sporting arranca este domingo. À melhor de cinco, tal como as "meias", começa no Dragão Arena, na casa do mais bem classificado da fase regular da prova. Mas depois há diferenças. O segundo jogo será no João Rocha (10 de Junho), seguindo-se dois novamente no Dragão Arena (a 13 e 20 de Junho, este último apenas se necessário). Na eventualidade de ser necessário um quinto jogo, a decisão será no João Rocha.

Dragões e leões, os dois primeiros da fase regular, têm agora já certos os dois primeiros lugares na classificação final do Campeonato Nacional, algo que aconteceu em apenas cinco ocasiões e já distantes no tempo. Em 1974/75, 1975/76 e 1987/88, o Sporting terminou campeão e o Porto vice. Em 1983/84 e 1984/85 foram coroados os azuis-e-brancos.

Depois do título de 1988, o Sporting eclipsou-se. Sucessivos fechos e reaberturas da secção afastaram os leões dos palcos maiores, mas agora estão em plena afirmação. Para "mal dos pecados" do Porto e de Cabestany.

Em 2018, o Sporting celebrou o seu oitavo título nacional, 30 anos depois de ter conseguido o sétimo. Na partida de consagração, venceu o Porto por 4-3 no João Rocha.

Nesse mesmo ano, em novo duelo, o Porto reclamou a Supertaça (4-1) na Mealhada no arranque de uma temporada que culminaria com título nacional dos dragões, mas com o mais desejado a sorrir aos leões. Na final da Liga Europeia, o Sporting venceu o Porto no João Rocha e voltou a erguer o mais importante título europeu longos 42 anos depois. Em acto praticamente contínuo, o Sporting de Paulo Freitas voltaria a reencontrar o Porto de Guillem Cabestany na decisão da Taça Continental, também no João Rocha, com novo triunfo - inédito - dos leões.

Sem troféus atribuídos na pretérita temporada, Sporting e Porto voltaram a encontrar-se na decisão da mais importante prova europeia este ano, desta feita no Luso. Os azuis-e-brancos estiveram a vencer por dois golos, mas os verde-e-brancos anularam a desvantagem e garantiram o "bi" no prolongamento.

Dragão Cabestany vs. Leão Freitas

Paulo Freitas chegou ao comando técnico do Sporting em Março de 2017 e o seu primeiro jogo foi logo um Clássico com o Porto no Dragão Arena, para a Taça de Portugal. Os dragões venceram por 8-3 o primeiro de 19 confrontos entre os dois técnicos nas suas actuais equipas.

Se em títulos é claro que Freitas teve mais motivos para sorrir, no desfecho das partidas há algum equilíbrio.

Nos regulamentares 50 minutos, o Porto venceu sete vezes e o Sporting seis. Nos seis empates, um foi para o Campeonato (esta época) e ficou como estava, ao passo que cinco tiveram de ter vencedor. O Sporting venceu três e o Porto dois, para um cômputo geral de nove vitórias para cada lado e um empate.

Vamos ao desempate?

Final

• #1 • Porto vs. Sporting • 6.Jun • 15h

• #2 • Sporting vs. Porto • 10.Jun • 14h

• #3 • Porto vs. Sporting • 13.Jun • 15h

• #4 • Porto vs. Sporting • 20.Jun • 15h (se necessário)

• #5 • Sporting vs. Porto • 27.Jun • 15h (se necessário)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade