Notícia

Mão pesada sobre a final da Liga Europeia

Jun 17, 2021

A final da Liga Europeia entre Porto e Sporting foi intensa e apenas resolvida no prolongamento. E, no rescaldo, há um leão e três dragões castigados. #LigaEuropeia #Disciplina

Os castigos disciplinares nas competições europeias de Hóquei em Patins primaram (quase) sempre pela discrição, mas este ano tem tido mão pesada.

Na primeira fase da Liga Europeia, a cadeira partida por Joka, guarda-redes do Óquei de Barcelos, valeu-lhe um castigo de um jogo. E o pagamento da cadeira.

Agora, Rosa María Mosquera, membro único do Comité de Disciplina da World Skate, volta a mostrar serviço, com sanções aplicadas sobre as incidências da final da Liga Europeia, no Clássico português entre Porto e Sporting.

Expulso a dois minutos do intervalo por atingir Reinaldo Garcia, o leão Ferran Font foi punido com dois jogos de suspensão. Já no prolongamento, Guillem Cabestany e Reinaldo Garcia também seriam expulsos, mas "apenas" no seguimento de um erro técnico na substituição indevida do guarda-redes, e "escapam" com advertência.

Carlo Di Benedetto (três jogos), Ferran Font e Gonçalo Alves (dois) e Xavi Malián (um) foram alvos das sanções disciplinares.

Despercebidos passaram eventuais protestos mais "acesos" após o apito final. Foi notória alguma indignação dos azuis-e-brancos, mas o relatório dos árbitros Iván González e Sergi Mayor e do português Pedro Silva terá ido mais além, e o francês Carlo Di Benedetto é punido com três jogos, Gonçalo Alves com dois (um jogo por cada um de dois actos distintos) e Xavier Malián com um.

Assim, no arranque da próxima edição das competições europeias - cuja forma ainda é desconhecida -, Sporting e, principalmente, Porto entrarão em pista desfalcados.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade