Notícia

Sporting 'estraga' a festa do Liceo

Aug 30, 2021

Foto de capa: Hockey Club Liceo

O Liceo e o Sporting defrontaram-se este sábado, no masculino e no feminino, na apresentação dos galegos aos seus associados. No masculino, os verde-e-brancos estragaram a festa de "los verdes" com uma vitória expressiva. #PréÉpoca

Liceo e Sporting promoveram duplo duelo este sábado para a apresentação de "los verdes" - da OK Liga e da OK Liga Feminina - aos seus sócios e adeptos.

Se no feminino, a equipa da casa reclamou a vitória sobre o final, no masculino a história foi bem diferente.

Possivelmente ainda com a hecatombe espanhola na última edição da Liga Europeia bem presente, a equipa de Juan Copa viu o Sporting adiantar-se com apenas três minutos jogados por Ferran Font, no regresso ao palco onde se sagrou Campeão da Europa de selecções em 2018. Noutros regressos, Toni Pérez e Henrique Magalhães voltaram a jogar numa casa que já foi sua.

No próximo sábado, dia 4, o Liceo devolve a "gentileza" e participa na apresentação das equipas leoninas, no Troféu Stromp.

Sem outros golos na primeira parte, o Sporting dispararia no marcador na etapa complementar. Gonzalo Romero fez o segundo de livre directo e Alessandro Verona ampliou. Marc Grau reduziu, mas a resposta dos detentores da Liga Europeia foi categórica. Gonzalo Romero (novamente eficaz de livre directo) e Ferran Font acabaram com as aspirações do Liceo a outro desfecho. César Carballeira fechou as contas num 2-5 que mostra que a equipa de Juan Copa, que até leva mais tempo de preparação, tem muito trabalho pela frente. Mesmo que as ausências de Dava Torres e Maxi Oruste possam justificar algo no resultado final.

Feminino permite reviravolta

À apresentação da equipa feminina do Liceo, o Sporting levou os reforços Inês Açoreira, Inês Vieira, Rita Batista e Alice Vicente e quase surpreendia.

As leoas adiantaram-se cedo no marcador com golos de Margarida Florêncio e Ana Catarina Ferreira, mas deixaram fugir a vantagem. Sem baixarem os braços, as pupilas de Nuno Pinto, voltaram a construir uma vantagem de dois golos, com Rita Batista a estrear-se a marcar de leão ao peito e a capitã Ana Catarina Ferreira a bisar na partida, mas voltariam a claudicar.

A equipa galega que este ano regressa à OK Liga apetrechou-se para garantir um grupo competitivo no melhor campeonato feminino do planeta e, com um bis de Alba Garrote, voltou a igualar a contenda. Naiara Vaamonde, que já apontara os dois golos das galegas na primeira metade do jogo, carimbou a reviravolta no definitivo 5-4.

A equipa do Sporting mostrou os argumentos que se lhe reconhecem e surge bem reforçada para a nova temporada, lamentando-se que a aposta leonina se mantenha apenas a nível nacional com o abdicar da participação na europeia Taça da Liga Feminina.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade