Notícia

Barcelos avança para as 'meias'

Sep 10, 2021

O Óquei de Barcelos venceu o Tomar e está nas meias-finais da Elite Cup. A equipa de Rui Neto defronta este sábado a Oliveirense. #EliteCup

Uma vitória por 4-2 sobre o Tomar vale ao Óquei de Barcelos a primeira presença numa meia-final da Elite Cup.

A jogar no pavilhão que é a sua casa, o Tomar entrou com algum nervosismo, a falhar defensivamente, e o Óquei de Barcelos aproveitou. André Centeno, isolado, e Danilo Rampulla, a finalizar um contra-ataque de perfeito entendimento com Alvarinho, construíam em seis minutos e meio, uma vantagem de dois golos atrás da qual a equipa de Nuno Lopes teria de correr.

Com os barcelenses a acusarem, com o passar dos minutos, mais dificuldade em manterem a disponibilidade fisica (a que não será alheio um surto de CoViD-19 que praticamente parou o plantel durante 10 dias), o Tomar foi ganhando ascendente. Não conseguiu reduzir num primeiro azul a Dario Gimenez, aos 13 minutos (Rúben Sousa desperdiçou), nem num segundo azul ao artista argentino, a sete minutos do intervalo (falhou Tomás Moreira), mas nesta segunda vez os nabantinos foram eficazes em superioridade numérica. Tomás Moreira fez o 2-1.

O Tomar estava melhor e a igualdade surgiu quase com naturalidade, numa arrancada de Filipe Almeida pela direita, a pouco mais de dois minutos do intervalo. O empate perduraria, pese um livre directo para Dario Gimenez. Veludo ganhou o duelo.

No arranque da segunda parte, o Tomar procurava capitalizar o tónico anímico da recuperação de uma desvantagem de dois golos, mas a 10ª falta, logo aos dois minutos, daria oportunidade a Alvarinho para mostrar os seus dotes e o internacional português não se fez rogado, recolocando os barcelenses na frente. E, num desvio subtil quatro minutos volvidos, Alvarinho repunha a vantagem de dois golos.

Desta feita, o Óquei de Barcelos não cedeu terreno e foi pausado no ataque, tirando posse de bola ao Tomar.

A 10ª falta barcelense, aos 14 minutos, era daquelas soberanas chances que iam faltando à equipa de Nuno Lopes, mas Caio não conseguiu bater Conti. O relógio aliava-se ao jogo inteligente dos pupilos de Rui Neto rumo ao apito final e não haveria mais golos, a vincar ou esbater distâncias.

O triunfo vale ao Óquei de Barcelos o apuramento para as meias-finais, defrontando a Oliveirense. O Tomar defrontará o Sporting na definição dos 5º ao 8º classificados.

Quartos-de-final

• #1 • Sporting 1-3 Oliveirense

• #2 • Porto 5-0 Valongo

• #3 • Óquei de Barcelos 4-2 Tomar

• #4 • Benfica vs. Juventude de Viana • 10.Set • 21h

Meias-finais

• #5 • Oliveirense vs. Óquei de Barcelos • 11.Set • 10h

• #6 • Porto vs. Vencedor #4

5º ao 8º lugares

• #7 • Sporting vs. Tomar • 11.Set • 18h

• #8 • Valongo vs. Vencido #4 • 11.Set • 21h

7º e 8º lugares

Vencido #7 vs. Vencido #8 • 12.Set • 9h

5º e 6º lugares

Vencedor #7 vs. Vencedor #8 • 12.Set • 11h

3º e 4º lugares

Vencido #5 vs. Vencido #6 • 12.Set • 13h

Final

Vencedor #5 vs. Vencedor #6 • 12.Set • 16h

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade