Notícia

Serie A1 já 'rola'

Oct 08, 2021

O triunfo do Bassano em Monza encerrou uma primeira jornada da Serie A1 sem surpresas de maior. Nuno Paiva foi determinante no triunfo do Montebello, mas Jordi Mendez reclamou os holofotes com seis golos para "curar a ressaca" da Supercopa. #SerieA1

O Bassano fechou a 1ª jornada da Serie A1 com uma vitória complicada em Monza, só decidida no último minuto por Andrea Scuccato depois de, no mesmo minuto, Davide Nadini ter igualado a três. Antes, Pablo Cancela (ex-Oliveirense) bisara e Federico Ambrosio estreou-se a marcar pela equipa de Roberto Crudeli, que está no lote de candidatos ao título. Quem também se estreou a marcar foi Julian Tamborindegui, argentino que teve tudo certo para reforçar o Tomar na pretérita temporada, mas acabou "tramado" pelas restrições de viagem da pandemia.

Foi o encerramento de uma ronda inaugural sem grandes surpresas e com duas figuras em destaque: Nuno Paiva e Jordi Mendez.

Nuno Paiva, desconhecido do grande público português, foi uma das figuras da última edição da Serie A1, principal campeonato italiano. E, logo no arranque da nova edição, foi determinante para os primeiros três pontos do Montebello.

O Correggio vencia por 1-2 em Montebello a cinco minutos do fim, quando Nuno Paiva decidiu virar o jogo. O atacante luso assinou dois golos para fazer a desfeita aos visitantes e entregar a vitória à sua equipa. Mas, apesar da importância do bis do português, será difícil negar o "prémio" de figura da ronda a Jordi Mendez, autor de nada menos que seis golos.

Na ressaca de uma pesada derrota caseira na segunda mão da Supertaça, que custaria mesmo a perda do troféu, o Lodi viajou até à pista do Matera para curar feridas. E venceu a recém-promovida equipa por claros (e pesados) 5-13. À "meia dúzia" de Jordi Mendez, Enric Torner juntou mais três para um hat-trick que também um dos reforços argentinos dos anfitriões, Santiago Lampasona conseguiu, mas de forma ingrata. O outro reforço argentino do Matera, Nico Gutierrez (ex-Óquei de Barcelos que esteve cedido ao Compañia de Maria na pretérita temporada), assinou um golo.

Também na ressaca, mas dos festejos, o Forte visitou a outra equipa recém-promovida, o Vercelli, e também venceu, mas por 1-4. Pedro Gil, depois da mão cheia na Supercopa, "só" marcou dois. O tento de honra do Vercelli, capitaneado por Massimo Tataranni, foi do reforço Nico Ojeda.

Diogo Neves empata, João Pinto e Sérgio Silva vencem fora

Para além de Nuno Paiva, foram a jogo outros três portugueses.

Diogo Neves, titular do Sandrigo, viu a sua equipa dividir pontos com o Sarzana, num empate a duas bolas. Marco Poletto, capitão de Diogo, assinou os dois tentos do Sandrigo.

O Trissino de João Pinto venceu em Grosseto por 1-3, com os reforços Giulio Cocco e Roger Bars a marcarem na estreia. Outra estreia com golos foi a de Didac Llobet, ex-Rivas Las Lagunas e reforço do Follonica de Sérgio Silva.

Didac bisou no triunfo do Follonica por 1-4 sobre o Valdagno, naquele que poderia ser apontado como o jogo "maior" da ronda. No entanto, o desaire da equipa de Diego Mir mostra que há muito trabalho pela frente após a saída de André Centeno.

1ª jornada

• Sandrigo 2-2 Sarzana

• Grosseto 1-3 Trissino

Montebello 3-2 Correggio

• Valdagno 1-4 Follonica

• Matera 5-13 Lodi

• Vercelli 1-4 Forte

• Monza vs. Bassano • 6.Out • 20h45

Classificação

1º Lodi (3 pontos), 2º Follonica (3), 3º Forte (3), 4º Trissino (3), 5º Montebello (3), 6º Sarzana (1), 7º Sandrigo (1), 8º Monza (0), 9º Bassano (0), 10º Correggio (0), 11º Grosseto (0), 12º Valdagno (0), 13º Vercelli (0), 14º Matera (0)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade