Notícia

Palau vence primeira Supercopa com Aina de mão cheia

Nov 04, 2021

O Palau conquistou a primeira edição da Supertaça Feminina realizada em Espanha, com uma imperial exibição de Aina Florenza. #SupercopaFem

A Supercopa no feminino era uma reinvidicação antiga em Espanha, sendo incompreensível que não tivesse sido organizada quando no masculino já houve 18 edições consecutivamente desde 2004 e quando a OK Liga Feminina é, destacada e indiscutivelmente, o mais forte campeonato da categoria.

O pavilhão Can Xarau, em Cerdanyola del Vallès, recebeu a primeira edição da prova, mas o Palau, a confirmar-se como o grande dominador de 2021, não teve complacência com o organizador. Particularmente Aina Florenza.

Na partida decisiva, no passado dia 31, de uma prova discutida - à semelhança do masculino - em Final Four, a atacante que completou 19 anos mostrou porque juntou o título de MVP ao de melhor marcadora da última edição da OK Liga, e assinou nada menos do que cinco dos seis golos com que o Palau venceu o Cerdanyola.

As vencedoras da OK Liga e da europeia Taça da Liga Feminina já ganhavam por 0-2 ao intervalo, com dois golos de Aina Florenza. Na etapa complementar, Aina, que até esteve discreta no recente Campeonato da Europa, assinou mais dois golos antes do 0-5 por Gisela Vicente e fechou a contagem no 0-6 final. O Cerdanyola teve soberanas oportunidades para reduzir, mas, por exemplo, nem Gemma Solé (na primeira parte), nem Adriana Gutiérrez (na segunda) lograram desfeitear Laura Vicente de livre directo.

As "meias"

Para chegarem à final, Cerdanyola e Palau eliminaram, respectivamente, Manlleu e Gijón.

O "Sarda" afastou as detentoras da Copa de la Reina numa partida sem golos na primeira parte. Na etapa complementar, Anna Casarramona inaugurou o marcador, mas Maria Figuerola igualou quase de pronto e um livre directo da ex-leonina Adriana Gutiérrez, a mostrar magia aos 36 anos, desequilibrou para o 1-2 final.

O Palau mostrou desde logo a sua ambição frente ao Gijón, com um convincente 5-2. As catalãs estiveram a vencer as asturianas desde o segundo minuto e ao intervalo já venciam por 4-2. Na segunda parte, em gestão, só Carla Fontdegloria marcou, completando um hat-trick e tornando infrutíveros os golos da ex-benfiquista Marta Piquero e de Sara Roces, melhor marcadora do Europeu.

Meias-finais

• Manlleu 1-2 Cerdanyola

Palau 5-2 Gijón

Final

• Cerdanyola 0-6 Palau

OK Liga arranca este sábado

Virada a página sobre a inédita e histórica realização da Supercopa, a OK Liga arranca no próximo sábado. O Palau, que defende o título (numa edição de 2020/21 sem derrotas), começa na sua pista com a recepção ao Gijón, num reencontro uma semana depois, sendo enorme a curiosidade para ver o que conseguirá o renovado Vila-Sana.

O Vila-Sana contará com a guarda-redes portuguesa Sandra Coelho, mas também, entre outras, as argentinas "Luchi" Agudo e Valentina Fernandez, que chegam do Hóquei argentino, e Flor Felamini, ex-Benfica.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade