Notícia

Fernando Claro é o primeiro Sócio Honorário da World Skate

Dec 13, 2021

Num Congresso em que não se recandidatou à presidência da World Skate Europe, Fernando Claro foi nomeado Sócio Honorário da World Skate, na primeira distinção máxima do organismo que rege a Patinagem a nível mundial. #Institucional

Fernando Claro pode já não ser presidente da Federação de Patinagem de Portugal ou da World Skate Europe (antes, CERS), mas a sua contribuição para a Patinagem é reconhecida a nível mundial. E Sabatino Aracu e a World Skate oficializaram esse reconhecimento.

"Há dois anos, durante o Congresso de Barcelona, dissemos que poderíamos nomear sócios honorários, como o Comité Olímpico Internacional faz para com aqueles que contribuíram durante muitos anos a um dado nível", discursou Aracu, acabado de ser reconduzido na liderança do organismo que gere a patinagem a nível mundial. "Acredito que seria uma honra para nós nomear o senhor Fernando Claro como nosso primeiro Sócio Honorário. Assim, questiono esta assembleia se concorda com a nomeação...", dizia o dirigente italiano quando foi interrompido por um ruidoso aplauso em sinal de aceitação.

Posteriormente, o dirigente máximo da Patinagem dirigiria uma carta a Fernando Claro, expressando a sua gratidão e apreço pelo que fez pela federação internacional ao longo dos anos e regozijando-se por o dirigente português, agora como Sócio Honorário do World Skate, poder continuar a dar o seu contributo.

Uma vida no dirigismo da Patinagem

Fernando Claro é um nome incontornável na Patinagem e, por inerência, no Hóquei em Patins nacional e internacional.

Presidente do Comité Técnico da Associação de Patinagem do Porto entre 1979 e 1983, jamais deixaria de estar ligado ao dirigismo na modalidade. Presidiria aquela associação entre 1988 e 1994 e, em 2003, assumiria a presidência da direcção da Federação de Patinagem de Portugal. Apenas dois anos volvidos, assumia cumulativamente os destinos da Patinagem europeia, a então CERS, sucedendo a Sabatino Aracu, a assumir a então FISR, agora World Skate.

Com uma política apostada na recuperação financeira, Fernando Claro logrou dirimir a imensa dívida e equilibrar as contas da casa da Patinagem lusa e não teve oposição em eleições sucessivas. Em 2018, a limitação de mandatos levou-o a deixar a presidência da federação portuguesa, mas assumiria a presidência da Mesa da Assembleia-Geral, cargo que ainda ocupa.

O Congresso da World Skate de passado 27 de Novembro marcou um virar de página. Fernando Claro deixou a vice-presidência do organismo, que ocupava desde 2018, e abdicou de se recandidatar à europeia World Skate Europe. Mas, quando muitos vaticinavam o afastamento definitivo, o transmontano continuará a dar o seu contributo à Patinagem mundial como Sócio Honorário. O primeiro.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade