Notícia

Luta pelo play-off e pela manutenção

Feb 02, 2022

Esta quarta-feira há dois jogos de lutas distintas. Paço de Arcos e Tomar procuram garantir um lugar no play-off, Juventude de Viana e Sanjoanense lutam pela manutenção no escalão maior. #PrimeiraDivisão

É muitas vezes curta a distância entre um ingrato 12º lugar que condena à despromoção e um prestigiante 8º lugar que vale um lugar no play-off de discussão do título, mas, com 12 pontos a separarem esses dois lugares, as lutas tornam-se - para já - distintas. Nada que um triunfo não possa mudar...

Adiados em virtude das provas europeias, disputam-se esta quarta-feira duas partidas, cada uma de sua "guerra".

Um Paço de Arcos em afirmação recebe o Tomar. A histórica equipa da Linha tem apenas três derrotas nas últimas 10 partidas, tendo vencido seis, e soma 20 pontos em 15 jogos, a dois pontos do 8º lugar do Braga (que tem um jogo a mais), e a quatro do Tomar (que tem um a menos).

Vindo de uma extraordinária segunda parte frente ao líder da italiana Seria A1 para a Liga Europeia, a equipa de Nuno Lopes procura um triunfo que lhe permitiria regressar ao 6º lugar, "cavando" uma vantagem importante para o Paço de Arcos na tabela classificativa.

Tal implica sair de um momento com apenas uma vitória em quatro jogos, ainda que seja relevante atentar no calendário. Este período compreende um empate com o Porto e uma tangencial derrota em Barcelos, estranhando-se apenas a derrota em Valongo, não pelo vencedor, mas pela paupérrima exibição dos tomarenses. Um trauma que terá sido ultrapassado frente aos italianos.

Europeus abaixo da linha de água

Em Viana, a Juventude (12º) recebe a Sanjoanense (14ª), num duelo entre as representantes portuguesas na Taça WSE. Mas, intramuros, ambas estão abaixo da temida linha de água.

Na primeira volta, na 3ª jornada, a Juventude de Viana venceu em São João da Madeira por 5-6, num arranque de campeonato interessante, com duas vitórias em três jogos. No entanto, depois desse triunfo, os vianenses só voltaram a pontuar duas vezes em 12 partidas e vão numa série de cinco derrotas consecutivas que os mantém na zona de despromoção, ainda que a um mero ponto do Marinhense, em lugar de manutenção.

Para o campeonato, a Sanjoanense vem de um moralizador empate frente ao Benfica, naquela que foi apenas a segunda vez que a equipa de Vítor Pereira logrou pontos esta época. Mas uma derrota pesada na Catalunha, em Voltregà (8-1), pode ter "esvaziado o balão"...

A Sanjoanense joga em Viana entre duas deslocações à Catalunha, regressando ali no próximo sábado, para jogar em Calafell. Também a Juventude de Viana tem adversário catalão no sábado, mas em Viana do Castelo, recebendo o Igualada. Mas, antes de pensarem nos desafios europeus, Reinaldo Ventura e Vítor Pereira têm de focar os seus jogadores para a disputa de três importantes pontos no campeonato.

Entretanto, já há data para o duelo entre Benfica e Valongo que encerrará esta 16ª jornada. Será jogado a 23 de Fevereiro. As águias anunciaram também o adiamento do jogo do próximo fim-de-semana, uma deslocação a Braga, que ficará para 16 de Março.

16ª jornada

Turquel 5-2 Óquei de Barcelos • 29.Jan

Sporting 6-4 Oliveirense • 29.Jan

• Marinhense 3-9 Porto • 29.Jan

• Parede 5-10 Braga • 29.Jan

• Paço de Arcos vs. Tomar • 2.Fev • 21h • Pedro Silva e Manuel Fernandes

• Juventude de Viana vs. Sanjoanense • 2.Fev • 21h • Rui Torres e Pedro Figueiredo

• Benfica vs. Valongo • 23.Fev • 19h

Classificação

1º Porto (40 pontos), 2º Sporting (38), 3º Óquei de Barcelos (36), 4º Oliveirense* (32), 5º Benfica* (31), 6º Valongo* (24), 7º Tomar** (24), 8º Braga (22), 9º Paço de Arcos* (20), 10º Parede (13), 11º Marinhense* (11), 12º Juventude de Viana* (10), 13º Turquel* (7), 14º Sanjoanense* (4)

*menos um jogo, **menos dois jogos

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade