Notícia

Contas de merceeiro no apuramento para as Final Four

Mar 21, 2022

«O Palau não está já apurado para a Final Four da Taça da Liga Feminina? Tal como o Valongo, para a Final Four da Liga Europeia?» #Questões #FemaleLeagueCup #Euroleague

Em comentários, mensagens privadas ou e-mail, chegam ao HóqueiPT questões pertinentes que mostram que há mensagens que não são passadas como se pretendia ou que a informação publicada peca por defeito. Não sendo o HóqueiPT imune ao erro - e, quanto mais se publica, mais propenso ao erro se está -, procurará dar resposta a algumas dessas questões.

A matemática entra muitas vezes em jogo quando o tema são apuramentos em fases de grupos e, muitas vezes, não chegam contas directas de três pontos por vitória e um por empate para descortinar o desfecho.

Por exemplo, este sábado, o Benfica apressou-se a anunciar o apuramento para a Final Four da Taça da Liga Feminina ao vencer o Coutras, mas tal poderia ter-se gorado se o Noisy vencesse o Gijón. Porque, nesse cenário, caso o Noisy vencesse na Luz na derradeira jornada, "roubava" o 2º lugar ao Benfica, com os mesmos pontos, mas vantagem no confronto directo.

Não vá o mundo do desporto, repleto de surpresas, "dar o golpe", mais vale garantir que estão esgotados todos os cenários antes de transmitir certezas.

Campeão na frente, mas (ainda) não na Final Four

Nessa mesma Taça da Liga Feminina, no grupo A, o Benfica garantiu mesmo o apuramento (o Noisy perdeu), juntando-se ao já apurado - e organizador Gijón - no decisivo fim-de-semana de 30 de Abril e 1 de Maio. Segundo o Comité-Técnico Europeu (WSE-RH), o Palau, no grupo B, também já estará apurado. Mas será mesmo assim?

O próprio HóqueiPT anunciou (assume agora que erradamente) que se o Palau vencesse o Cerdanyola a 5 de Março, na ronda anterior, estaria na Final Four. E, com a vitória por 1-5, o WSE-RH confirmava a teoria, reforçando-a em comunicações posteriores. A Federação Espanhola de Patinagem (RFEP) viria a garantir o mesmo.

"Both Gijón and Palau have 9 points in the standings and even in the event of a tie, they have the advantage in direct clashes with their respective competitors" ("Tanto Gijón quanto Palau têm 9 pontos na classificação e mesmo em caso de empate, levam vantagem em confrontos diretos com seus respectivos concorrentes", via Google Translate), lia-se no rescaldo dada terceira jornada.

Mas o confronto directo pode não ser simples, entre duas equipas, mas a três.

Imagine-se, que, no jogo que está em atraso, o Cerdanyola vence o Manlleu por 1-5 e, na última ronda, o Manlleu vence o Palau por 5-0.

As três equipas terminam com nove pontos e, no mini-campeonato a três (o tal "confronto directo"), há três pontos para cada. Com tudo empatado, vamos aos golos entre as três formações catalãs. No cenário apresentado, o Palau ficaria com um saldo de um golo negativo (cinco marcados e seis sofridos), o Cerdanyola com saldo nulo (6-6) e o Manlleu com um saldo positivo de um golo (6-5).

Ou seja, Manlleu e Cerdanyola seriam os dois mais bem classificados, garantiriam o apuramento para Final Four e deixavam pelo caminho o detentor do troféu, Palau.

Valongo (quase) na Final Four

O empate do Valongo em Sarzana permitiu à equipa de Edo Bosch segurar para as duas derradeiras jornadas uma vantagem de três pontos sobre os italianos e também uma vantagem na eventual necessidade de desempate por confronto directo.

No entanto, o lugar na Final Four que terá lugar a 14 e 15 de Maio em Torres Novas, ainda não é certo para o Valongo. De facto, ainda ninguém garantiu na Liga Europeia garantiu a qualificação para o decisivo fim-de-semana.

Entre os dois grupos, o Valongo é o mais destacado e, à luz da razão, será complicado que não garanta esse lugar. Mas imaginemos - por mais inverosímil (mas não impossível) que possa ser o cenário - que, na próxima ronda, a equipa de Edo Bosch perde na recepção ao Diessbach por 0-5 (na Suíça, o Valongo venceu por 1-5). E que o Sarzana vence o Coutras.

O Valongo continuaria em 1º, com 10 pontos, mas com o Sarzana a par e o Diessbach a um ponto.

Na derradeira jornada, imaginemos que Coutras vence o Valongo e Sarzana e Diessbach empatam.

O Sarzana destacar-se-ia com 11 pontos e Valongo e Diessbach ficariam com os mesmos 10 pontos. Sendo que, em virtude da especulada vantagem no confronto directo, seriam os suíços a acompanhar o Sarzana à Final Four.

Complicado de acontecer? Seguramente. Mas se a lógica imperasse sempre, nem valia a pena ir a jogo. Na dúvida, mais vale não contar com "o ovo no cú da galinha"...

Enviem-nos as vossas questões para geral@hoqueipt.com. Tentaremos dar resposta.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade