Antevisão

Valença recebe Ancorense para a Taça

Mar 14, 2014

Nos 1/32 de final da Taça de Portugal, há no Minho um confronto entre equipas que apostaram este ano no regresso às competições de hóquei em patins depois de anos de afastamento.

Respectivamente primeiro e segundo da Zona Norte da III Divisão Nacional, Valença e Ancorense lutam este sábado por um lugar nos 1/16 de final depois de eliminarem com brilhantismo duas formações da II Divisão.

As duas equipas já se encontraram esta época para o Nacional, em Janeiro último, com o Valença a receber e a bater o Ancorense por 5-2 mas, para o presidente e jogador dos valencianos Miguel Fernandes, esta não será uma partida fácil. “Esperamos um jogo bastante complicado porque o Ancorense é uma equipa muito trabalhadora, raçuda e com muita qualidade”, afirma, justificando os seus receios. “Têm feito uma excelente trajectória no Campeonato e na Taça de Portugal, na qual derrotou uma das equipas mais fortes da II Divisão”, recorda. De facto, enquanto o Valença afastava o Marco por 6-5, o Ancorense eliminou o Riba d’Ave, actual quarto classificado da Zona Norte, por claros 5-2. “Além disso é um jogo a eliminar”, refere.

A curta distância de cerca de 35 km que separa Valença de Vila Praia de Âncora é mais um foco de interesse da partida. “As duas equipas conhecem-se muito bem e, sendo um dérbi, torna-se um jogo ainda mais apetecível para ambas”, realça.

Mas o jogador-presidente está confiante. “Temos consciência do nosso valor, das nossas capacidades, tivemos uma semana de trabalho muito boa e estamos devidamente precavidos e confiantes para alcançar a vitória e a próxima eliminatória da Taça de Portugal”, vinca. “Tenho a certeza que vai ser um excelente jogo de hóquei em patins”, despede-se em jeito de convite.

Esta partida dos 1/32 de final tem início agendado para este sábado às 21h30.

Jogos relacionados

Valença HC
6 : 4
15 Mar 21h30
CCD Ancorense
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade