Notícia

Reus 'empata' Barcelona, Liceo com dupla vitória

May 31, 2022

Foto de capa: Xavi Ballart / FC Barcelona

Arrancaram as meias-finais em Espanha, com quatro jogos em quatro dias. O Liceo venceu as duas partidas frente ao Noia na Corunha, enquanto o Reus surpreendeu o Barcelona num dos jogos no Palau Blaugrana. #OkLiga

Este ano, está enfim de regresso um play-off muito reclamado em Espanha. Defende-se que a fase final a eliminar pode dar mais emotividade a um campeonato que parece cronicamente ganho pelo Barcelona e o primeiro jogo das meias-finais terá sustentado essa tese.

Nos últimos quatro dias, disputaram-se quatro jogos das meias-finais, dois na Corunha e dois no Palau Blaugrana. E foi na casa do octocampeão que houve surpresa.

No sábado, no primeiro jogo entre Barcelona e Reus, João Rodrigues adiantou a equipa de Edu Castro aos seis minutos e Hélder Nunes voltou a recolocar os blaugrana na frente com o 3-2 aos 14.

Os muitos golos numa fase inicial de jogo dividida já eram meia surpresa. Mas o Reus iria mais além.

A seis minutos do intervalo, "Checco" Compagno igualou, e, sobre o fim dos primeiros 25 minutos, David Gelmà bisou para dar vantagem (3-4) à equipa de Jordi Garcia antes do descanso.

Na etapa complementar, logo aos cinco minutos, Marc Julià também assinou um segundo golo para um 3-5 que os reusences defenderiam ferreamente. Martí Zapater e o bloco defensivo roginegro, com o ex-Benfica Sergi Aragonès em particular destaque, estiveram imaculados nas duas dezenas de minutos que ainda faltavam jogar e seguraram a vitória até final.

As duas equipas voltaram a subir à pista do Palau Blaugrana esta segunda-feira, dois dias volvidos sobre o primeiro jogo, e o Reus voltou a mostrar argumentos para discutir a eliminatória.

João Rodrigues voltou a inaugurar o marcador e o Barcelona chegou ao intervalo a vencer por 3-1, mas golos de Compagno e Julià igualaram o duelo. Coube a João voltar a desequilibrar o marcador, a 14 minutos do final. Desta feita, definitivamente. O Reus não deixou de procurar o empate, mas Pau Bargalló "mataria", de livre directo, o jogo a um minuto do fim.

Liceo a uma vitória da final

Na Corunha, o Liceo venceu os jogos de sexta e domingo frente ao Noia, e "los verdes" estão a um triunfo da final.

Foi mais complicado - e emotivo - o primeiro jogo. Ao intervalo, a equipa de Sant Sadurní vencia por 3-4, com inapelável destaque para Jordi Bargalló. O histórico capitão do Liceo, uma lenda na Corunha, assinou três golos à sua ex-equipa e garantia a vantagem para o arranque da segunda parte.

No entanto, o agora capitão "liceal" Dava Torres reduzira para a margem mínima a um minuto do intervalo e viria a consumar a reviravolta aos cinco minutos e meio da etapa complementar, pouco depois de Marc Grau igualar.

O Noia era obrigado a assumir o jogo, mas tardava em chegar a novo golo. A dois minutos e meio do fim, Alex Rodriguez ampliou para 6-4, na primeira vantagem de dois golos dos anfitriões e a vitória já não escaparia, ainda que esbatida por um golo de Xavi Costa a dar emoção aos instantes finais de jogo.

Este domingo, o jovem Roc Pujadas (contratualmente ligado ao Porto) relançou a emoção no início da segunda parte ao reduzir para 3-2, mas o Liceo voltou a ser sólido a defender uma magra vantagem na etapa complementar e selaria o triunfo nos derradeiros sete minutos. Jordi Adroher marcou de livre directo e Maxi Oruste fez o 5-2 a três minutos e meio do apito final.

Decisão de três jogos em cinco dias

As meias-finais prosseguem na próxima sexta-feira e são para definir no espaço de cinco dias. Sexta e domingo joga-se em Reus, garantidamente dois jogos, e em Sant Sadurní, pelo menos na sexta, sendo que só uma vitória local obrigará a quarto jogo. Caso haja necessidade de "negra", será jogada logo na terça-feira, no Palau Blaugrana e na Corunha.

Será uma meia-final de cinco possíveis jogos em 12 dias (11 para Barcelona e Reus) e, caso haja necessidade de 4º e 5º jogo, o calendário será surreal para Noia e Liceo em virtude das distâncias geográficas. As equipas de Pere Varias e Juan Copa jogam no dia 5 (domingo) em Sant Sadurni, Catalunha, e a 7 (terça) na Corunha, Galiza, a 900 km de distância em linha recta...

Modelo não parou Barcelona

O play-off regressa esta época depois de ter servido para decidir o campeão entre 2000/01 a 2008/09.

Depois do último título do Igualada, em 1997, o Barcelona venceu três campeonatos até que se decidiu reintroduzir o play-off. Venceu mais dois e até se mudou o nome da prova, em 2002, de Divisão de Honra para a actual OK Liga. Os blaugrana venceram mais sete vezes em play-off e, depois de ter vencido sem derrotas em 2009, afinal, o play-off já não era bom. E o Barcelona também venceu no regresso ao modelo de fase única, para 13 títulos consecutivos, num inédito tridecacampeonato.

Nas nove temporadas em que houve pela última vez play-off em Espanha, o Barcelona venceu na final uma vez Vic, duas o Igualada, uma o Noia, quatro o Reus e uma o Liceo, na derradeira (até agora) final de 2009.

De resto, o actual embate entre Barcelona e Reus, foi o que fez mais história nesta etapa da OK Liga. Nas nove caminhadas para o título, os blaugrana defrontaram as tais quatro vezes os roginegros na final, consecutivamente entre 2005 e 2008, mas também outras quatro vezes. Nas "meias" de 2001, 2003 e 2009 e nos "quartos" em 2003. Apenas em 2004 - com vitórias sobre Tenerife, Liceo e Igualada - é que as duas equipas mais tituladas da internacional Liga Europeia não se defrontaram.

Meias-finais

Liceo 6-5 Noia • 27.Mai • 1-0

• Barcelona 3-5 Reus • 28.Mai • 0-1

Liceo 5-2 Noia • 29.Mai • 2-0

Barcelona 5-3 Reus • 30.Mai • 1-1

• Reus vs. Barcelona • 3.Jun • 20h30

• Noia vs. Liceo • 3.Jun • 21h

• Reus vs. Barcelona • 5.Jun • 20h30

• Noia vs. Liceo • 5.Jun • 12h30 se necessário

• Barcelona vs. Reus • 7.Jun • 20h15 se necessário

• Liceo vs. Noia • 7.Jun • 20h30 se necessário

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade