Notícia

Um Grande a regressar passo-a-passo

Aug 18, 2015

O Óquei de Barcelos continua a consolidar a sua equipa e para a próxima temporada conta com um reforço de peso, inesperado no último defeso.

Reinaldo Ventura, capitão do Porto e dragão desde os 12 anos, vai vestir pela primeira vez outra camisola como sénior. “Rei” chega ao Barcelos com vontade de mostrar que ainda tem valor. O Porto optou pela não renovação com o histórico azul-e-branco mas o jogador não optou pela saída fácil. Não quis um lugar na equipa técnica nem pendurou os patins, juntando-se a um projecto que tem tido poucas mexidas, cresce de forma consistente e que na pretérita temporada chegou a duas meias-finais – Taça de Portugal e Taça CERS – e terminou o Nacional em sexto lugar depois de largas jornadas nos lugares cimeiros.

Reinaldo Ventura vai vestir – 24 anos depois – outra camisola

O Barcelos tem trepado de forma segura na classificação. Décimo em 2009/10, nono em 2010/11 e oitavo nos dois anos seguintes. Em 2013/14, já sob o comando de Paulo Freitas, os barcelenses terminaram em sétimo para, na temporada que findou, subirem mais um degrau.

Mas o sexto lugar diz pouco da época do Barcelos. Única equipa a roubar pontos ao campeão Benfica, a equipa exibiu um hóquei de excelente qualidade com um grupo que só recebera o ainda júnior Miguel Vieira (“Vieirinha”). Para a nova temporada, Paulo Freitas volta a mexer pouco. Saem João Paulo Candeias (Póvoa) e José Braga (Valença) – os dois jogadores de pista menos utilizados – e entra Reinaldo Ventura.

Paulo Freitas vai entrar na sua terceira época à frente do Barcelos

Desde logo, a continuidade de Paulo Freitas, badalado para orientar o Sporting, é aposta da direcção para atacar campeonato, Taça e CERS. Nas competições a eliminar, os barcelenses o objectivo será necessariamente chegar às finais e procurar uma conquista que no campeonato se afigura mais complicada.

Na “grelha de partida”, o Óquei parte atrás de Benfica, Porto, Oliveirense e Sporting mas, podendo ainda não ter a consistência para estar no topo, será certamente protagonista na decisão do novo campeão nacional. Haja um Ricardo Silva ao nível da época passada, Vieirinha e João Guimarães (“Joca”) a seguirem na sua evolução natural, e esteja o resto do grupo consistente e dificilmente alguém passará na Catedral.

Vieirinha – campeão do Mundo e da Europa de Sub-20 - é cada vez mais preponderante no conjunto minhoto

Uma vaga?

Ao plantel do Barcelos faltará um nome, para além de uma eventual solução interna entre os juniores ou equipa “B” (que este ano jogará na II Divisão). Foram vários os nomes ventilados, mas nenhum se concretizou. Paulo Freitas e a Direcção procurarão acrescentar valor ao plantel e o reforço ainda poderá surgir.

Para já, ao invés de reforço, a notícia foi de desfalque. Ricardo Silva e Luís Querido foram castigados pelo CERH e estarão ausentes das primeiras eliminatórias da Taça CERS.

Ricardo Silva, em destaque em 2014/15, vai estar ausente das primeiras eliminatórias da CERS

O plantel 2015/16

Paulo Freitas, à frente da equipa pela terceira época consecutiva, terá ao seu dispor os guarda-redes João Pereira ("Ginho") e Ricardo Silva e os jogadores de pista Hugo Costa, João Guimarães ("Joca"), Luís Querido, Miguel Vieira ("Vieirinha"), Pedro Mendes, Reinaldo Ventura (ex-Porto) e Zé Pedro.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade