Hoje na Imprensa!

Demasiado Porto para pouco Sporting

Nov 15, 2015

Recorte: O Jogo

O rescaldo do Clássico do Dragão Caixa está em destaque nas edições dos jornais desportivos diários deste domingo, 15 de Novembro.

O Sporting apostava em apagar a má imagem deixada no dérbi da Luz (derrota por 9-0) mas voltou a claudicar, desta feita frente ao FC Porto. Para O Jogo, este foi um “Dragão arrasador no primeiro Clássico”, vencendo os leões por 8-0. O diário destaca as palavras de Guillem Cabestany no final - “O Sporting tem as suas armas mas a nossa defesa foi a chave” – e Reinaldo Garcia como figura da partida. Para O Jogo, o campeão do Mundo argentino que terá estado também nas cogitações do Sporting para esta época “deu o impulso”, bisando na primeira parte para uma vantagem azul-e-branca de três golos ao intervalo.

No final da partida, os responsáveis leoninos não falaram. Tal é destacado pel’A Bola - “Goleada silencia leões” – que dá enfâse à prestação de Hélder Nunes, autor de dois golos tal como Reinaldo Garcia.

Para o Record, a corrida leonina à conquista do Nacional está cada vez mais complicada. “FC Porto coloca leão mais longe do título” sublinha os 11 pontos que separam agora o Sporting do topo da tabela classificativa, sendo que, já quando os verde-e-brancos tinham ficado a oito, Nuno Lopes reconhecera que o título seria complicado.

Benfica e Oliveirense não desarmam

Na liderança, Benfica e Oliveirense somaram a sétima vitória em outros tantos jogos. Um “Benfica de sentido único” (Record) venceu o Candelária por 13-1, registando-se já ao intervalo uns avassaladores 11-1.

Aquela que é a maior goleada do Nacional até ao momento contribui de forma decisiva para o melhor registo ofensivo da prova. “Benfica tem o melhor ataque” constata O Jogo numa peça secundária, destacando também a co-líder Oliveirense (venceu o Braga por 7-2), que tem a melhor defesa com apenas 10 golos sofridos.

Nos restantes jogos, Cambra e Paço de Arcos e também Física e Turquel empataram a três bolas, ao passo que a Juventude de Viana recebeu e venceu a Sanjoanense, que continua sem pontuar, por 5-2.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade