Tomar vence em França e está na Final Four

O Tomar venceu o La Vendéenne por 2-4 e está na Final Four da Liga Europeia. Para uma final que, é certo, será luso-italiana, as meias-finais terão os tomarenses frente ao Valongo e o Trissino frente ao Sarzana.

Tomar vence em França e está na Final Four

Na sua primeira participação na Liga Europeia, o Tomar logrou o apuramento para a Final Four ao vencer, em França, o La Vendéenne por 2-4.

Depois de terem vencido o Lodi na penúltima ronda, bastava aos tomarenses pontuar para garantirem a presença na Final Four que se vai realizar em Torres Novas, a 14 e 15 de Maio.

Mas, receosos da máxima de que quem joga para empatar, se arrisca a perder, a equipa de Nuno Lopes esqueceu largas horas de viagem por estrada para procurar a vitória.

Ainda que o La Vendéenne disputasse o jogo pelo jogo, como se estivesse a discutir o apuramento (para o qual já não tinha hipótese), as melhores oportunidades eram dos tomarenses. Caio, o único com vivência de Final Four de Liga Europeia, deu o mote. "Ganhou" uma grande penalidade que Tomás Moreira não conseguiu converter, fez o primeiro aos 15 minutos após uma recuperação em pressão alta do capitão Ivo Silva e o segundo dois minutos volvidos, num remate cruzado da direita a frustrar a boa exibição de "Carlitos" Silva.

O La Vendéenne não esmoreceu, cresceu e, com o azul a Filipe Almeida tomou conta do jogo. Erwan Debrouver não conseguiu bater Francisco Veludo de livre directo, mas os franceses foram avassaladores em superioridade numérica. Valeu um impressionante punhado de intervenções do guardião tomarense para segurar a vantagem.

Na segunda parte, Lucas Honório fez, cedo, o 0-3, mas o La Vendéenne reduziu praticamente de pronto, por Debrouver, e ameaçava reduzir. O Tomar geria as operações, ainda que com a consciência de que o jogo não estava na mão. Os franceses ameaçaram de livre directo (Stanislas Vankammelbecke falhou), aos 12 minutos e o golo do descanso tardava. Finalmente, a três minutos do fim, Tomás Moreira foi rápido a reagir depois de até ter caído e bateu Luís Mateus com classe para o 1-4 que permitia respirar de alívio.

No derradeiro minuto, o internacional Nathan Gefflot conseguiu um segundo golo já merecido e que mereceu o maior aplauso da noite, no reconhecimento de um bom jogo e de uma meritória campanha na Liga Europeia, pese não ter sido logrado qualquer ponto.

Trissino "vira" nos últimos minutos

Quando o jogo terminou em La Roche, o Tomar não só tinha garantido apuramento no grupo A, como liderava virtualmente o grupo, porque o Trissino perdia na pista do Lodi - já sem hipóteses de se apurar - por 2-1. Mas, num jogo muito atípico, naqueles jogos em que "não basta ser, é preciso parecer", nos derradeiros quatro minutos, o Trissino virou o resultado para um 2-3 que lhes valia o 1º lugar no grupo. E "relegava" o Tomar para 2º.

No grupo B, o Valongo até perdeu em Coutras por 5-4, mas sem qualquer influência na classificação final, dado que o Valongo já não perdia o 1º lugar e o Coutras já não escapava ao último. O Sarzana levou de vencida, em terras helvéticas o Diessbach por xxx, mas já ninguém tira à equipa orientada por Carlos Silva a histórica página (duplamente) escrita com triunfos na fase de grupos da mais importante prova europeia de clubes.

Na Final Four, que se disputa em Torres Novas a 14 e 15 de Maio, será certa uma final luso-italiana. Uma das meias-finais será portuguesa, entre Valongo e Tomar e a outra italiana, entre Trissino e Sarzana.

Valongo e Tomar já se defrontaram para a Elite Cup e na primeira volta da fase regular do campeonato nacional, com duas vitórias valonguenses. Entre as duas equipas italianas, num duelo que é também entre irmãos - os treinadores Alessandro e Mirko Bertolucci - o Trissino venceu uma partida, mas o Sarzana surpreendeu duas vezes: foi o primeiro a derrotar o Trissino na temporada e eliminou o líder (e já vencedor da fase regular da Serie A1) na Taça de Itália.

Fase de Grupos

Grupo A

• La Vendéenne 2-5 Trissino • 23.Out

• Lodi 4-4 Tomar • 23.Out

Trissino 2-1 Lodi • 11.Dez

Tomar 2-0 La Vendéenne • 11.Dez

Lodi 4-1 La Vendéenne • 29.Jan

• Tomar 3-3 Trissino • 29.Jan

• La Vendéenne 2-3 Lodi • 12.Fev

• Trissino 4-4 Tomar • 12.Fev

Tomar 5-2 Lodi • 26.Mar

Trissino 2-1 La Vendéenne • 26.Mar

• Lodi 2-3 Trissino • 9.Abr

• La Vendéenne 2-4 Tomar • 9.Abr

Classificação: 1º Trissino (14 pontos), 2º Tomar (12), 3º Lodi (7), 4º La Vendéenne (0)

Grupo B

• Diessbach 1-5 Valongo • 23.Out

• Coutras 4-5 Sarzana • 23.Out

Valongo 4-1 Coutras • 11.Dez

Sarzana 7-4 Diessbach • 11.Dez

• Coutras 4-6 Diessbach • 29.Jan

• Sarzana 6-6 Valongo • 29.Jan

Diessbach 3-1 Coutras • 12.Fev

Valongo 4-0 Sarzana • 12.Fev

Sarzana 5-3 Coutras • 26.Mar

Valongo 5-2 Diessbach • 26.Mar

Coutras 5-4 Valongo • 9.Abr

• Diessbach 4-7 Sarzana • 9.Abr

Classificação: 1º Valongo (13 pontos), 2º Sarzana (13), 3º Diessbach (6), 4º Coutras (3)

Final Four

Meias-finais

• MF1 • Trissino vs. Sarzana • 14.Mai

• MF2 • Valongo vs. Tomar • 14.Mai

Final

Vencedor MF1 vs. Vencedor MF2 • 15.Mai

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny