Melhores da fase regular vencem fora no arranque do play-off

O play-off arrancou em Itália, com os mais fortes da fase regular a levarem a melhor 'fora de portas' - ainda que o Follonica tenha só desempatado nos penáltis - nuns quartos-de-final que serão disputados à melhor de três.

Melhores da fase regular vencem fora no arranque do play-off

Não houve surpresas no primeiro jogo dos quartos-de-final do play-off do campeonato italiano, com os mais bem classificados da fase regular a levarem a melhor sobre os seus adversários, apesar de jogarem em terreno alheio.

Um dos duelos teoricamente mais equilibrados, entre 3º e 6º, esteve à altura do prometido numa das recentes meias-finais da Taça WSE, apenas uma semana antes. O Follonica voltou a levar a melhor sobre o Valdagno, mas apenas nas grandes penalidades.

O catalão Didac Llobet foi a figura do jogo pela importância dos seus golos no triunfo do conjunto orientado pelo português Sérgio Silva. O Valdagno esteve a vencer por 3-1 e 4-2, mas Davide Banini, de livre directo, reduziu para a margem mínima e, a escassos dois minutos dos regulamentares 50 minutos, Llobet - após azul a Davide Motarán, "vilão" quando antes marcara dois golos - igualou a quatro.

O jogo seguiu para prolongamento e, sem mais golos, para a decisão por grandes penalidades. No último penálti da primeira série de cinco para cada equipa, o Valdagno vencia por 3-2... e Didac Llobet igualou. E, depois de Davide Motarán, Francesco Banini e Fabrizio Ciocale falharem, o catalão fez o decisivo 3-4 no desempate.

Mais "fáceis" foram os triunfos de Trissino, Lodi e Forte, ainda que a vitória da equipa de Pedro Gil tenha chegado a estar tremida.

O Forte vencia por 1-4, com bis de Xavi Rubio, à entrada dos dois últimos minutos, mas Federico Ambrosio, que já marcara o primeiro do Bassano e - já se sabe - representará o Forte na próxima temporada, marcou mais dois golos e relançou a discussão nos últimos segundos. No entanto, a equipa orientada por Miguel Viterbo não conseguiria igualar.

O Lodi venceu em Grosseto por 1-4 e o Trissino em Vercelli por 0-4, com as equipas vindas da preliminar a não conseguirem mostrar argumentos para contrariar os dois melhores das 26 jornadas da fase regular. Destaque para o bis de Andrea Malagoli pelo Trissino num jogo que só teve golos na etapa complementar, e para outro bis, do goleador Jordi Mendez, no triunfo do Lodi.

Os segundos jogos destes quartos-de-final estão agendados já para esta quarta-feira, em caso dos mais bem classificados da fase regular e vencedores da primeira partida. Nova vitória valerá a passagem às "meias", sendo triunfos dos agora visitantes obrigarão a um terceiro jogo, no próximo fim-de-semana.

Quartos-de-final (melhor de três)

• QF1 • Vercelli 0-4 Trissino [0-1]

• QF2 • Grosseto 1-4 Lodi [0-1]

• QF3 • Valdagno 7-8 Follonica (4-4, 3-4 pen.) [0-1]

• QF4 • Bassano 3-4 Forte [0-1]

Meias-finais (melhor de cinco)

• MF1 • Vencedor QF1 vs. Vencedor QF4

• MF2 • Vencedor QF2 vs. Vencedor QF3

Final (melhor de cinco)

Vencedor MF1 vs. Vencedor MF2

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Tomar garante Tato

Tomar garante Tato

Tendo em vista a próxima temporada, o Tomar garantiu o concurso do atacante argentino 'Tato' Ferruccio, da Oliveirense.

Título europeu feminino é do Palau (outra vez)

Título europeu feminino é do Palau (outra vez)

O Palau venceu o Gijón por 1-2 e revalidou o título europeu feminino. As catalãs juntam-se ao Voltregà e ao próprio Gijón no lote de clubes com mais do que um troféu.

Sporting vence 'Dérbi Capital' em casa 34 anos depois

Sporting vence 'Dérbi Capital' em casa 34 anos depois

O Sporting venceu o Benfica e continua na luta com o Porto, que venceu o Tomar, pela vitória na fase regular, a decidir-se na derradeira jornada. Na sua casa, os leões não venciam as águias para o campeonato há mais de 34 anos.