Agora, a festa é outra...

O Forte colocou ponto final nos festejos europeus do Trissino ao vencer o primeiro jogo das meias-finais do play-off da Serie A1 por 5-1. O Follonica também está em vantagem, vencendo na sua pista o Lodi por 6-4.

Agora, a festa é outra...

Depois de dois dias de (mais do que merecida e justificada) festa pela conquista da Liga Europeia, o Trissino regressou à competição interna com um dissabor em Forte dei Marmi.

Ironicamente, foi Festa (Sergio) a dar o mote para a vitória do Forte, com Marc Gual a fazer o 2-0 com que se chegou ao intervalo. João Pinto reduziu aos seis minutos da segunda parte, mas o Trissino não conseguiria chegar à igualdade neste primeiro jogo das meias-finais do play-off italiano.

O Forte fez o 3-1 a oito minutos do fim por Pedro Gil e o 20º minuto seria definitivamente fatal para o novo campeão europeu e vencedor da fase regular do campeonato transalpino. João Pinto atingiu inadvertidamente Gual na face e - apesar de reconhecer de imediato e acorrer a ajudar o colega de profissão - viu o vermelho, Festa fez o 4-1 e Domenico Illuzzi selou as contas em 5-1.

Em Follonica, o "factor casa" também imperou sobre a classificação da fase regular, com a equipa de Sérgio Silva (3º) a vencer o Lodi (2º) por 6-4.

Davide Banini inaugurou o marcador aos cinco minutos, mas o insuspeito Romeo D'Anna virou o resultado, assinando a igualdade meio minuto depois do tento inaugural e a reviravolta no arranque de uma segunda parte rica em golos.

A vantagem do Lodi (a única do jogo) não durou, com Marco Pagnini a marcar o primeiro dos seus três golos para nova igualdade. O resultado seguiu a par, com igualdades também a três, com golos de Federico Pagnini e Alberto Greco, e a quatro, com Marco Pagnini e Enric Torner a marcarem, ficando a faltar jogar seis minutos e meio. O jogo seguiu para prolongamento e, já segunda parte do tempo extra, o Follonica foi mais forte, com Marco Pagnini e Francesco Banini a desequilibrarem definitivamente o marcador.

O play-off italiano prossegue no fim-de-semana, com o Lodi a receber o Follonica no sábado e o Trissino a ter a visita do Forte no domingo. Independentemente dos resultados, haverá terceiro jogo no dia 25 dado que as "meias" são à melhor de cinco.

Quartos-de-final (melhor de três)

• QF1 • Vercelli 0-2 Trissino0-4; 2-3

• QF2 • Grosseto 0-2 Lodi1-4; 2-5

• QF3 • Valdagno 1-2 Follonica7-8; 8-7; 1-4

• QF4 • Bassano 1-2 Forte3-4; 5-3; 1-2

Meias-finais (melhor de cinco)

• MF1 • Forte 1-0 Trissino • 5-1

• MF2 • Follonica 1-0 Lodi • 4-4 (2-0 prol.)

Final (melhor de cinco)

Vencedor MF1 vs. Vencedor MF2

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Famalicense 'ataca' I Divisão com novo timoneiro

Famalicense 'ataca' I Divisão com novo timoneiro

Consumado o regresso à I Divisão, o Famalicense prepara-se para 'atacar' a manutenção na categoria máxima, algo que não consegue desde 1986. Jorge Ferreira, do Infante Sagres, será o treinador, substituindo Vítor Silva.

«Nunca desisti de levantar a taça da Liga Europeia»

«Nunca desisti de levantar a taça da Liga Europeia»

Em 2019, o Sporting de João Pinto sagrou-se campeão europeu, mas o internacional português e angolano não estava na pista do João Rocha para erguer o troféu. Resiliente, não desistiu. E este domingo concretizou o sonho, pelo Trissino.

Valongo só cai no terceiro prolongamento em cinco dias

Valongo só cai no terceiro prolongamento em cinco dias

No arranque do play-off, Porto, Sporting e Benfica venceram em casa e Óquei de Barcelos fora. Mas o destaque tem de ser para um Valongo heróico, que só caiu no prolongamento na Luz. Depois de dois prolongamentos no fim-de-semana...