Na peugada dos arranques de Pedro Nunes

Com a sexta vitória consecutiva no arranque do Campeonato, o Benfica de Nuno Resende superou os melhores registos com Luís Sénica e Alejandro Dominguez. Neste milénio, apenas com Pedro Nunes as águias começaram melhor... e em três temporadas.

Na peugada dos arranques de Pedro Nunes

A 7ª jornada arranca já esta quarta-feira, com o Sporting a visitar o Famalicense. Os restantes jogos disputam-se esta quinta-feira, 1 de Dezembro, entre os quais um sempre apetecível Clássico entre Óquei de Barcelos e Benfica.

Neste Dia de Restauração da Independência, sobem à "Catedral" de Barcelos os dois mais bem classificados ao cabo de seis jornadas, sem qualquer derrota. O Óquei de Barcelos "escorregou" no Dragão Caixa depois de ter conseguido virar de 4-1 para 4-6 e deixou ali dois pontos, sendo que o Benfica soma por vitórias todos os jogos realizados neste arranque de época.

Benfica de Nuno Resende passou do pior arranque em 37 anos a um dos melhores deste milénio, só superado pelos inícios às ordens de Pedro Nunes.

As seis vitórias consecutivas do Benfica de Nuno Resende no arranque de Campeonato superam - neste milénio - os melhores registos às ordens de Luís Sénica e Alejandro Dominguez, ambos de cinco vitórias.

Em 2010/11, a equipa orientada pelo agora presidente da Federação de Patinagem de Portugal foi travada pelo Porto, na Luz, numa derrota por 5-7, e os dragões terminariam decacampeões.

Em 2019/20, com o agora treinador do Sporting no comando, a marcha vitoriosa do Benfica foi travada à sexta partida em Braga, com um empate a quatro. E os encarnados seriam depois "travados" pela pandemia, que cancelou todas as provas quando - ainda sem play-off - lideravam o campeonato.

As cinco vitórias do Óquei de Barcelos de Paulo Freitas ficaram aquém dos recordes de sempre de oito, de 1995/96 (com os barcelenses a terminarem campeões) e 2003/04 (vice-campeões).

Agora, Nuno Resende já logrou seis vitórias consecutivas. Depois de um arranque "medonho" na sua primeira época em funções, estancado antes da pausa para o Europeu precisamente frente ao Óquei de Barcelos (na Luz), este Benfica persegue os melhores arranques às ordens de Pedro Nunes, timoneiro nos três melhores arranques deste milénio.

O melhor arranque foi o da época dourada de 2015/16, com 12 triunfos consecutivos, interrompido com um empate em Oliveira de Azeméis. Alguns jogos mais tarde, o Benfica empatou também em Barcelos, mas para a História ficam os títulos nacional e europeu assegurados num mesmo fim-de-semana.

Sendo naturalmente importante trabalhar sobre vitórias, a introdução do play-off acabou por desvalorizar os triunfos na fase regular.

Finais menos felizes tiveram os arranques das duas temporadas seguintes, respectivamente com 11 e oito triunfos. Pese o fôlego inicial, o título escapou em 2016/17 para o Porto e em 2017/18 para o Sporting. De resto, o Benfica não mais seria campeão depois de 2016...

Agora, os pontos somados no arranque de temporada valem menos, desvalorizados por um play-off que vai para a sua terceira temporada. Mas trabalhar sobre vitórias é sempre melhor.

O Clássico entre Benfica e Óquei de Barcelos está agendado para as 15h30 desta quinta-feira, com transmissão n'A Bola TV.

7ª Jornada

• Famalicense vs. Sporting • 30.Nov • 20h • Fernando Vasconcelos e Sílvia Coelho

• Juv. Viana vs. Porto • 1.Dez • 15h • Porfírio Fernandes e Jorge Machado

• Óquei de Barcelos vs. Benfica • 1.Dez • 15h30 • Paulo Almeida e Joaquim Pinto

• Tomar vs. Murches • 1.Dez • 18h • João Catrapona e Miguel Guilherme

• Oliveirense vs. Braga • 1.Dez • 18h • Sílvia Coelho e Carlos Correia

• Paço de Arcos vs. Valongo • 1.Dez • 18h • Teófilo Casimiro e Pedro Nuno Sousa

• Riba d'Ave vs. Parede • 1.Dez • 18h30 • Pedro Silva e Pedro Miguel Sousa

Classificação

1º Benfica (18), 2º Óquei de Barcelos (16), 3º Sporting (15), 4º Porto (13), 5º Tomar (10), 6º Valongo (9), 7º Famalicense (7), 8º Juventude de Viana (6), 9º Braga (6), 10º Riba d'Ave (6), 11º Oliveirense (5), 12º Murches (4), 13º Parede (4), 14º Paço de Arcos (3)

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny