Benfica de volta ao topo e Parede à 'tona' nas contas da 8ª jornada

Com uma vitória sobre a Juventude de Viana, o Benfica voltou à liderança, agora a par do Sporting. Numa ronda de vitórias caseiras, a excepção foi o triunfo do Paço de Arcos em Murches. Também na Linha, o Parede saiu dos lugares de despromoção.

Benfica de volta ao topo e Parede à 'tona' nas contas da 8ª jornada

Disputou-se este domingo, na íntegra, a 8ª jornada do Campeonato PLACARD, com nova mudança na liderança.

Na Luz, o Benfica recebeu e venceu a Juventude de Viana por 8-1 no regresso - apenas três dias depois da derrota em Barcelos - ao topo da classificação e no regresso de Pablo Álvarez. O argentino marcou o golo que fechou as contas da primeira parte em 5-1 e os encarnados geriram com tranquilidade na segunda. Lucas Ordoñez juntou mais dois golos ao que marcara na primeira metade da partida para terminar com um hat-trick.

Beneficiando da derrota do Óquei de Barcelos no João Rocha, lidera de novo, mas agora com a companhia do Sporting. A dois pontos estão os barcelenses e o Porto, que venceu o Riba d'Ave por 4-2.

No Dragão Caixa, a igualdade a um ao intervalo era um bom prémio para a boa prestação ribadavense, mas, logo no arranque da segunda parte, Ezequiel Mena colocou os azuis-e-brancos de novo na frente. Soava a fim da resistência da equipa de Raul Meca, mas a equipa minhota não perdeu o foco.

Seria já nos derradeiros nove minutos que o capitão Reinaldo Garcia, com o seu segundo tento no jogo, daria outra tranquilidade à equipa de Ricardo Ares, com Carlo Di Benedetto a "matar" o jogo pouco depois. O mundialista Nery, que também marcara na primeira parte, ainda reduziu a dois minutos e meio do fim, mas não evitaria a derrota.

Parede e Paço de Arcos vencem na luta pela manutenção

Em Murches, houve um dérbi da Linha com muitos golos e a única vitória forasteira da ronda. Abaixo da linha de água, o jogo era importante para as duas equipas, levando a melhor a mais experiente num jogo que teve António Estrela e Gonçalo Nunes, ambos com quatro golos, como protagonistas maiores.

Ao intervalo, o Murches vencia por 3-1, virando a desvantagem madrugadora conseguida por Pedro Vaz aos quatro minutos. Na etapa complementar, Vaz voltou a marcar numa reviravolta - com dois dos golos de Nunes - em menos de sete minutos, mas Estrela ainda igualou. Fulcral seria o 4-5 por Nunes aos nove minutos, que perduraria até perto do final, para um triunfo selado pelo mesmo jogador com poucos segundos para jogar, no tudo-por-tudo da equipa de Hugo Lourenço.

António Estrela e Gonçalo Nunes assinaram quatro golos cada num inédito dérbi da Linha no escalão maior.

Mesmo sem sair dos lugares de despromoção, o Paço de Arcos passou a lanterna-vermelha ao Murches, ao passo que o Parede também logrou vencer passando os minhotos Juventude de Viana e Famalicense.

Na recepção ao Tomar, um golo sofrido de livre directo em cima do intervalo castigava a sólida exibição defensiva do Parede perante alguma falta de eficácia dos tomarenses que se prolongaria - e seria fatal - na segunda parte.

Federico Balmaceda ("Pichu") igualou cedo, "virando" de grande penalidade aos sete minutos. E o 4-2 por Manuel Coimbra, aos 10, obrigava o Tomar a ir atrás do prejuízo. Tomás Moreira não tardou a reduzir em novo livre directo (como a fechar a primeira parte), mas as boas exibições de Guilherme Pedruco e António Marante impediram que o marcador voltasse a mexer até perto do final.

Em busca do empate e com menos um por azul, o Tomar veria Manuel Coimbra sentenciar a partida já nos dois derradeiros minutos, não sobrando esclarecimento à equipa de Nuno Lopes para voltar a marcar.

Os nabantinos perdem o 5º lugar antes da recepção ao Porto, no jogo maior da 9ª jornada do Campeonato PLACARD, já na próxima quinta-feira.

Valongo em 5º

Aproveitando a derrota do Tomar, o Valongo subiu ao 5º lugar, fruto de uma vitória sobre a Oliveirense por 3-1. O jogo, como se previa, teve emoção até final.

Num jogo em que merece sublinhado a chamada nos valonguenses de Viti, internacional Sub-17 e Sub-19 de 16 anos, Carlos Ramos ("Carlitos") marcou de grande penalidade, ainda na primeira parte, e de livre directo, já na segunda. Também de livre directo, Lucas Martínez reduziu a apenas três minutos do fim, cabendo a Diogo Abreu sentenciar a partida sobre o apito final.

No jogo de campeonato com mais golos até ao momento, Pedro Mendes assinou uma mão cheia de tentos.

A derrota oliveirense custa nova troca de posições com o Braga, depois da vitória tangencial na última quinta-feira. Os bracarenses venceram o Famalicense por expressivos 9-5.

No Minho, a igualdade a um entre Braga e Famalicense ao intervalo não deixava antever o que aí viria, reclamando o dérbi o "título" de jogo com mais golos da ronda e da prova até ao momento. Nos primeiros cinco minutos da etapa complementar, seis golos mudaram o marcador para 5-3, e mais dois minutos e meio jogados colocavam o resultado num 6-4 favorável aos anfitriões.

Depois o jogo "acalmou" no que a golos diz respeito, até que a figura maior da partida, Pedro Mendes, em dois livres directos, ampliou para 8-4 favorável aos bracarenses. O internacional português de 29 anos apontaria ainda um quinto golo na sua conta pessoal, encerrando as contas da partida, sendo que merece também destaque o hat-trick logrado por Vítor Hugo.

8ª Jornada

Sporting 3-2 Óquei de Barcelos • 4.Dez

• Murches 4-6 Paço de Arcos • 4.Dez

Benfica 8-1 Juv. Viana • 4.Dez

Braga 9-5 Famalicense • 4.Dez

Porto 4-2 Riba d'Ave • 4.Dez

Parede 5-3 Tomar • 4.Dez

Valongo 3-1 Oliveirense • 4.Dez

Classificação

1º Benfica (21), 2º Sporting (21), 3º Óquei de Barcelos (19), 4º Porto (19), 5º Valongo (15), 6º Tomar (13), 7º Braga (9), 8º Riba d'Ave (9), 9º Oliveirense (8), 10º Parede (7), 11º Famalicense (7), 12º Paço de Arcos (6), 13º Juventude de Viana (6), 14º Murches (4)

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Outro galo cantou: Sporting pára Óquei de Barcelos

Outro galo cantou: Sporting pára Óquei de Barcelos

O Sporting interrompeu o arranque sem derrotas do Óquei de Barcelos, vencendo por 3-2 no João Rocha. Os barcelenses chegaram ao intervalo a vencer por 0-2, mas não conseguiram segurar a vantagem.

'Descansa en pau', Alexandre

'Descansa en pau', Alexandre

O Hóquei em Patins está de luto com a morte de Alexandre Acsensi, jogador do Caldes, vítima de um acidente de viação este domingo.