Arrancam as quintas-feiras de 'Champions'

Esta quinta-feira arranca a fase de grupos da Liga dos Campeões, a mais importante prova de clubes. Num mar agora repleto de tubarões, o Trissino inicia a defesa do título no Dragão Arena, com o Porto desfalcado de três jogadores castigados.

Arrancam as quintas-feiras de 'Champions'

Arranca esta quinta-feira a fase de grupos da mais importante prova de clubes europeia (e mundial), agora rebaptizada como Liga dos Campeões.

Oito apuramentos directos e oito de duas rondas de qualificação, redundaram em seis equipas portuguesas, cinco espanholas, quatro italianas e apenas uma equipa francesa, numa espécie de Taça Latina de clubes. Os participantes dividem-se em quatro grupos para seis jornadas em busca de um dos dois primeiros lugares, que vale a passagem à Final Eight, que se realizará em Maio em Viana do Castelo.

Elenco de luxo

Para aqueles que retiraram mérito à conquista do Trissino na pretérita temporada pela ausência - por vontade própria - dos ditos "tubarões", esta edição terá certamente o campeão mais legitimado de sempre. Presentes estão os vencedores de 46 das 56 edições concluídas da prova que já se chamou Taça dos Campeões Europeus e Liga Europeia. Faltam apenas Igualada (seis vezes vencedor), Voltregà (três) e Follonica (uma vez), todos nos oitavos-de-final da Taça WSE.

Na fase de grupos, estão nada menos que 11 sócios dos 12 (tanto quanto se sabe...), da agora omissa Associação Europeia de Clubes (EHCA), tendo apenas falhado a qualificação o Caldes, afastado na segunda ronda de qualificação num grupo em que seria evitável um sócio ficar de fora, dado que também estavam Noia e Forte, apurados. A equipa italiana, que tem a primeira jornada no Palau Blaugrana, foi uma das três, com Calafell e Valongo, a ter de - e a conseguir - superar duas rondas de qualificação para entrar na fase de grupos.

Estarão na fase de grupos da Liga dos Campeões os vencedores de 46 das 56 edições concluídas da mais importante prova de clubes. O Barcelona é recordista destacado, com 22 triunfos.

A EHCA boicotou colectivamente a última edição da prova e apenas Trissino, Sarzana, Lodi e Valongo repetem a presença na fase de grupos da temporada passada. O Calafell, que se estreia nestas andanças na Luz, também participou nas competições europeias na pretérita temporada, mas na Taça WSE, que venceria.

Entre os agora presentes, Barcelona (22 vezes campeão), Reus (oito), Liceo (seis), Sporting (três), Porto e Benfica (dois cada), Óquei de Barcelos, Noia e Trissino, que defende o título, procuram voltar a erguer o troféu que já foi quase um exclusivo espanhol... O país vizinho soma 46 títulos, sendo que, por exemplo, o Reus, conta tantos como todas as equipas portuguesas vencedoras juntas. Mas metade dos oito títulos portugueses foram conquistados nas últimas nove edições.

Castigos de 2021 por cumprir

Itália soma apenas dois títulos, juntando-se agora o triunfo do Trissino ao do Follonica em 2006. A equipa de Alessandro Bertolucci inicia a defesa no Dragão Arena frente a um Porto finalista, sempre vencido, em três das últimas quatro edições concluídas. E os dragões estão a contas com algumas ausências.

Salvo volte-faces não tornados públicos, Carlo Di Benedetto, Gonçalo Alves e Xavi Malián estão fora das opções de Ricardo Ares, depois de terem sido expulsos após o derradeiro apito na final de 2021, frente ao Sporting. Carlo foi punido com três jogos, Gonçalo Alves com dois e Xavi Malián com um, sendo que a totalidade dos castigos está por cumprir por não terem sido considerados nas duas mãos da disputa da Taça Intercontinental nesse mesmo ano.

Carlo Di Benedetto, Gonçalo Alves e Xavi Maliàn (Porto) e Ferran Font (Sporting) falham a primeira jornada da Liga Europeia para cumprirem um castigo que vem de 2021.

Pelo mesmo motivo, estará também desfalcado o Sporting, que não poderá contar com Ferran Font. O atacante catalão até já cumpriu um jogo de castigo, na Taça Continental de 2021, mas resta-lhe cumprir outro, agora na recepção ao Óquei de Barcelos na ronda inaugural do grupo D.

Nesta primeira jornada da fase de grupos, agora em "quintas-feiras de Champions", quatro dos jogos oito são disputados em Portugal, sendo que em todo o cartaz de luxo da ronda há apenas um jogo sem campeões, entre o Lodi e o Valongo. Mas a equipa portuguesa é "apenas" vice-campeã europeia e detentora da Taça Continental.

Que comece o espectáculo.

Grupo A

• Oliveirense vs. Liceo • 26.Jan, 21h

• Benfica vs. Calafell • 26.Jan, 21h

Grupo B

• Porto vs. Trissino • 26.Jan, 20h

• Sarzana vs. Noia • 26.Jan, 21h

Grupo C

• Barcelona vs. Forte • 26.Jan, 19h30

• Lodi vs. Valongo • 26.Jan, 21h

Grupo D

• Sporting vs. Óquei de Barcelos • 26.Jan, 19h30

• Reus vs. Saint-Omer • 26.Jan, 21h

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Sobreira com uma volta só de vitórias

Sobreira com uma volta só de vitórias

Já com a segunda volta do Campeonato PLACARD iniciada, fecham-se as primeiras voltas dos outros campeonatos nacionais. Na Sobreira, concelho de Paredes, mora a única equipa com uma volta totalmente vitoriosa, com aposta clara na subida.