Procurar fechar a primeira volta da melhor maneira

Há duelo português entre Oliveirense e Benfica no fecho da primeira volta da fase de grupos da Liga dos Campeões. Barcelona e Sporting procuram o pleno de vitórias, enquanto Porto e outras quatro equipas jogam pela primeira vitória.

Procurar fechar a primeira volta da melhor maneira

Termina esta quinta-feira a primeira volta da fase de grupos da Liga dos Campeões. Ainda nada ficará definido, sem certezas de apuramento ou irremediável afastamento, mas a classificação ditará o conforto ou pressão, "dobrado" este mini-campeonato, para o arranque das três derradeiras jornadas.

Nas duas rondas já realizadas, o destaque vai para Barcelona e Sporting, únicos a somarem duas vitórias.

No grupo C, o Barcelona é, com 11 golos conseguidos, a equipa mais concretizadora em prova, recebendo agora um Lodi que ainda não pontuou. Em caso de derrota, o vice-campeão italiano pode ver fugir Valongo ou Forte que, com três pontos cada, lutam pelo segundo lugar.

No grupo D, o Sporting procura completar o pleno de vitórias na primeira volta com a recepção ao Reus, naquele que será o primeiro duelo de Alejandro Dominguez com o emblema que o projectou enquanto treinador. O técnico argentino dos leões orientou os "roig-i-negres" entre 2009 e 2015, sendo que, ironicamente, a sua última partida europeia à frente destes seria na final da Taça CERS... frente ao Sporting.

Também em Portugal e para o este grupo D, o Óquei de Barcelos, que soma os mesmos três pontos do Reus, recebe o Saint-Omer de Pedro Chambel.

Tal como o Lodi, o Saint-Omer ainda não somou qualquer ponto. E o mesmo se passa com o Sarzana, perfilando-se talvez como o adversário ideial para um Porto que ainda não venceu no grupo B, mas que também ainda não perdeu. Depois de um empate caseiro frente ao Trissino e outro em Sant Sadurní, frente ao Noia, os azuis-e-brancos recebem o Sarzana ainda sem Carlo Di Benedetto, que cumprirá o último jogo de castigo, mas já com Gonçalo Alves. A vitória é obrigatória.

No grupo A, há um duelo espanhol por uma primeira vitória e um duelo português pela liderança.

Entre "hermanos", o Liceo visita o Joan Ortoll, onde, dentro de uma semana, disputará a Taça do Rei. O Calafell, na sua primeira participação na principal prova europeia, procura somar importantes pontos em casa. Já Oliveirense e Benfica, líderes com quatro pontos, reencontram-se apenas oito dias depois de se terem defrontado para o campeonato na Luz, então com vitória das águias por 3-1.

Agora, para a Liga dos Campeões e em Oliveira de Azeméis, o duelo é inédito numa fase de grupos da mais importante competição do Velho Continente. Mais adiante na prova, as duas equipas defrontaram-se em três ocasiões. Duas nos quartos-de-final em 2019 e, antes, na final em 2016. Sempre com vitórias do Benfica.

Grupo A

• Calafell vs. Liceo • 23.Fev, 20h30

• Oliveirense vs. Benfica • 23.Fev, 21h

= 1º Oliveirense (4), 2º Benfica (4), 3º Calafell (1), 4º Liceo (1)

Grupo B

• Porto vs. Sarzana • 23.Fev, 20h

• Noia vs. Trissino • 23.Fev, 21h

= 1º Trissino (4), 2º Noia (4), 3º Porto (2), 4º Sarzana (0)

Grupo C

• Barcelona vs. Lodi • 23.Fev, 18h30

• Valongo vs. Forte • 23.Fev, 21h30

= 1º Barcelona (6), 2º Valongo (3), 3º Forte (3), 4º Lodi (0)

Grupo D

• Óquei de Barcelos vs. Saint-Omer • 23.Fev, 21h

• Sporting vs. Reus • 23.Fev, 19h30

= 1º Sporting (6), 2º Óquei de Barcelos (3), 3º Reus (3), 4º Saint-Omer (0)

AMGRoller

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Itália antecipa Final Four da Coppa

Itália antecipa Final Four da Coppa

Com a Final Four da Taça a coincidir com um compromisso europeu do Bassano, a FISR antecipou o evento em que, para além do Miguel Viterbo e Francisco Veludo, também João Pinto (Trissino) e Filipe Fernandes (Lodi) procuram erguer o troféu.