Tomar e Benfica discutem Supertaça

Quatro anos depois, a Supertaça volta a ser disputada por Campeão Nacional e Vencedor da Taça. Benfica e Tomar defrontam-se este sábado, com as águias a defenderem o troféu conquistado em 2022 e os tomarenses a procurarem um triunfo inédito.

Tomar e Benfica discutem Supertaça

Depois da Taça de Portugal em Abril e da Elite Cup no último fim-de-semana, o Pavilhão Municipal Cidade de Tomar recebe mais uma decisão em 2023. Tomar e Benfica discutem a Supertaça António Livramento este sábado, a partir das 15h.

Em confronto estão o Campeão Nacional e o Vencedor da Taça de Portugal, algo que não acontecia desde 2019, então com o duelo entre Porto e Oliveirense. Seguiram-se dois anos sem troféu entregue por a Taça de Portugal não ter chegado ao fim em virtude da CoViD-19 e, no ano passado, o Benfica chegava à discussão - e ganhava - como finalista vencedor da Taça, frente a um Porto que lograra a dobradinha.

O Benfica somou em 2022 a sua 8ª conquista, 10 anos após o último triunfo, na prova que homenageia a maior referência portuquesa da modalidade. No entanto, esta será já a 29ª presença das águias na decisão do troféu, que muitas vezes escapou para o principal rival no Hóquei em Patins. Em 38 edições, o Porto venceu 23, sendo que apenas outras três equipas reclamaram a conquista do troféu. O Óquei de Barcelos triunfou em quatro ocasiões, o Sporting em duas e o Valongo numa.

Benfica procura em Tomar o terceiro troféu nacional consecutivo, depois da conquista do Campeonato Placard no fecho da última época e da Elite Cup na abertura da presente temporada.

Em busca de um triunfo inédito, apresenta-se o Tomar, após se estrear na conquista de grandes troféus na "prova rainha". Mas esta será a segunda vez que está na decisão, depois de, como o Benfica em 2022, o Tomar ter sido finalista da Taça em 2017, em ano de dobradinha dos dragões. Então no Entroncamento, o Porto venceria por 7-3, marcando pelos tomarenses Paulo Passos e Hernâni Diniz, que bisou.

Dessa equipa do Tomar, treinada por Nuno Domingues, sobram apenas Pedro Martins e Xanoca. Curiosamente, ambos vestiram a camisola do Benfica nos escalões de formação, sendo que Xanoca está esta época de regresso à cidade templária" depois de ter partido para a Oliveirense em 2021.

Entre treinadores, Resende e Lopes procuram a sua segunda Supertaça. Resende venceu em 2022, ao passo que o técnico dos tomarenses reviverá um feliz encontro com o Benfica, depois de duelo em 2015. Então, à frente de outro Sporting, Nuno Lopes conquistaria, em Aljustrel, o troféu com uma vitória por 4-2.

Desse jogo, sobram nas águias Diogo Rafael (marcou um golo) e Carlos Nicolía. Pedro Henriques também estava no Benfica, mas cumpria castigo, ao passo que Tiago Rafael é agora adjunto e Valter Neves "team manager". Reforço do Tomar para esta temporada, André Centeno representava nesse ano o Sporting e foi titular e autor do primeiro golo dos leões.

Os mais bem classificados no apito

A Supertaça António Livramento terá transmissão televisiva pela Eleven e honras de arbitragem pelos dois árbitros mais bem classificados de 2023 e vencedores do galardão de "Árbitro do Ano" nas duas últimas temporadas.

Joaquim Pinto, galardoado em 2021/22, e Fernando Vasconcelos, em 2022/23, dirigem uma partida que, tal como os jogos da Elite Cup, deverá ter apoio às decisões do "vídeo-árbitro" no Sistema de Revisão Vídeo. O protocolo específico para a Supertaça não foi publicado, mas será de esperar que não divirja muito do adoptado há uma semana.

AMGRoller

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Europeu Feminino em Olot

Europeu Feminino em Olot

O Campeonato da Europa de Seniores Femininos vai realizar-se pela primeira vez na Catalunha, em Olot, no mês de Dezembro. A prova, antes assumida pela federação portuguesa na ausência de outros interessados, tinha sido adiada de Julho para Outubro.