Pedro Nunes regressa aos bancos no Vilafranquense

Pedro Nunes, treinador que ganhou tudo no Benfica, está de regresso aos bancos para um desafio diferente. Assume o comando técnico do Vilafranquense, penúltimo classificado da Zona Sul da II Divisão.

Pedro Nunes regressa aos bancos no Vilafranquense

Pedro Nunes está de regresso aos bancos.

Quase cinco anos depois de ter deixado o comando técnico do Benfica, tendo ainda orientado Moçambique no Mundial de 2019, o treinador - agora com 55 anos - assume o desafio de pegar no Vilafranquense, equipa recém-regressada à II Divisão.

Ao fim de seis jogos, a equipa de Vila Franca de Xira soma apenas três pontos e é penúltima, "ex aequo" com o lanterna-vermelha, Sintra. Era orientada por André Moreira, que foi pupilo de Pedro Nunes no Portosantense e no Candelária.

Pedro Nunes iniciou-se como treinador no Santos da Venda Nova, ganhando alguma notoriedade ao serviço do Sintra. Treinou depois Portosantense e Candelária, antes de se projectar no Paço de Arcos, assumindo o Benfica em 2013.

Ao serviço das águias, seu confesso clube do coração, ganhou duas vezes o Campeonato Nacional, duas vezes a Taça de Portugal e, internacionalmente, Liga Europeia, Taça Continental e Taça Intercontinental.

Deixou o comando técnico das águias em Dezembro de 2018 e, apesar de várias propostas para regressar aos bancos, voltaria aos pavilhões para assumir a coordenação do Parede em 2020.

Agora, Pedro Nunes, apresentado e a dirigir o primeiro treino esta segunda-feira, deverá estrear-se pelo Vilafranquense no próximo sábado, em Valado dos Frades, frente à BIR.

AMGRoller

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Meca não sai

Meca não sai

Com apenas uma vitória nas oito primeiras jornadas, Raul Meca Lopes apresentou a demissão. Mas o Riba d'Ave não aceitou e reiterou a confiança no técnico que viveu uma descida, mas devolveu o emblema famalicense aos palcos maiores.