Hoje na Imprensa!

De pais para filhos

Feb 08, 2016

Recorte: A Bola

Uma reportagem d’A Bola sobre as gerações de pais e filhos do hóquei português é o destaque entre as edições dos jornais diários desportivos desta segunda-feira, 8 de Fevereiro. Com hóquei em patins nos três diários, nenhum tema se repete.

Em duas páginas completas, A Bola faz uma visita por alguns dos apelidos mais marcantes de outrora que mais recentemente regressaram à Selecção Nacional. “Pai! Não tenho nome?” dá o título à reportagem, resgatando as palavras confessadas de Miguel Rocha, filho de António, quando tinha “13 ou 14 anos”. O jogador do Benfica – clube que o pai também representou reclamava ser “sempre o filho do António Rocha”, lê-se.

O diário, referindo outros casos de “herança”, destaca ainda as relações de Carlos, Miguel e Santiago Dantas, Edo Bosch e Alejandro Edo, Paulo e Pedro Freitas, Paulo e Pedro Batista e Tomás e Paulo Pereira.

O olhar de Cabestany para os quartos da Liga Europeia e a vitória do Candelária

N’O Jogo há ecos da noite de sábado. “Cabestany respeita Oliveirense” recupera as declarações de Guillem Cabestany quando conhecido o “emparelhamento” dos quartos-de-final da Liga Europeia, que colocará frente-a-frente os dragões com a equipa de Oliveira de Azeméis. Contente com o que já foi alcançado – seis vitórias em seis jogos -, Cabestany afirma que isso de nada serve para o futuro, reconhecendo na Oliveirense um adversário de valor.

Ainda no sábado disputou-se o primeiro jogo – único até ao momento - da 15º jornada. “Candelária abriu 15ª jornada a ganhar” dá conta da vitória por 5-4 dos picarotos na recepção ao Paço de Arcos, com destaque para os hat-tricks de Pedro Afonso do lado dos visitados e Nelson Ribeiro do lado dos visitantes.

Do Vendrell para o Sporting

No Record também são os ecos de sábado a merecer destaque. O Vendrell visitou Valongo com os apontados reforços leoninos Guillem Perez e Sergi Miras e o diário aproveitou para falar com dois dos protagonistas deste defeso. Sem darem o negócio como certo, olham já para o futuro de verde-e-branco. “Perez entusiasmado com ‘história do Sporting’” toca o conhecimento do treinador sobre o passado dos leões, ao passo que Sergi Miras -afirmando que faltam acertar detalhes – se mostra agradado com a possibilidade de jogar ao lado de vultos da modalidade. “Gil e Caio são grandes” são as palavras do defensor chamadas para título.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade