Notícia

Benfica com um patim nas meias, Oliveirense com meio, Porto na corrida

Mar 06, 2016

Recorte: O Jogo

Na primeira mão dos quartos-de-final da Liga Europeia, o Benfica conquistou em Vendrell uma importante vantagem e a Oliveirense terminou com a série vitoriosa do Porto.

No duelo português em Oliveira de Azeméis, a Oliveirense impôs a primeira derrota na prova ao FC Porto. Ainda sem contar com Carlos López mas já com Martin Montivero de regresso, os visitados viram os visitantes adiantar-se no marcador por Vítor Hugo e chegar ao 1-3, já na segunda parte.

Mas a vantagem de dois golos dos dragões não durou. Albert Casanovas e o ex-dragão Caio restabeleceram a igualdade e, a oito minutos do final, Caio bisou e fez o golo da vitória que dá uma preciosa vantagem aos pupilos de Tó Neves.

Também em aberto está a eliminatória que ditará o adversário de Oliveirense ou Porto. O Vic venceu o Forte - para além do Porto, a outra equipa que ainda não tinha perdido na Liga Europeia - por “apenas” 2-1 e tem de defender a vantagem com “unhas e dentes” para repetir a presença na Final Four. Nesta primeira mão, foram os italianos que se adiantaram – por Enric Torner – a 13 segundos do intervalo mas, sete segundo depois, Christian Rodriguez restabeleceu a igualdade. Na segunda parte, o mesmo Christian Rodriguez fez o golo da vitória “vigatan”.

O Benfica garantiu na Catalunha uma boa vitória e podia desde já ter carimbado a passagem à Final Four, não fosse a reacção da equipa do Vendrell nos últimos 10 minutos. A perder por 1-5 (Creus marcou para o Vendrell e Adroher, Torra, Nicolía por duas vezes e João Rodrigues para o Benfica), a equipa catalã reduziu o “prejuízo” para “apenas” dois golos, com Mitjans e Miras a marcarem. O 3-5 final permite aos encarnados colocarem um patim na meia-final, mas ainda não os dois…

Na memória dos “vendrellences” estarão certamente os quartos-de-final no ano de estreia do clube na Liga Europeia. Na temporada de 2013/14, os “rojinegros” perderam 4-6 em casa frente ao Valdagno (de Nicolía) e venceram por 4-7 na segunda mão em Itália, juntando a estreia na Final Four à estreia na prova máxima de clubes. Dessa equipa orientada por Guillem Cabestany sobram “Xus” Fernandez, Jordi Ferrer, “Xixi” Creus e Sergi Miras.

Este domingo joga-se o jogo em falta dos “quartos”, entre Barcelona e Liceo, e a segunda e decisiva mão está agendada para dia 2 de Abril.

Provas relacionadas

Liga Europeia - Quartos-de-final
Taça CERS - Final Four
Taça CERS - Quartos-de-final
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade