Notícia

A escolha do palco

Apr 29, 2016

Definidas as equipas que iriam disputar a Final Four da Taça CERS, não tardaram a chegar-se à frente os interessados na organização.

Com o prazo limite fixado para o final do dia 18 de Março, o Vilafranca foi o primeiro a submeter a sua proposta. Às 19h38 do último dia para o efeito era entregue ao CERH a proposta dos catalães que, apurados nos instantes finais da segunda mão frente ao Reus, estavam renitentes em apresentar candidatura. Mas, com um forte apoio do "ayuntamento" (Câmara Municipal), o Vilafranca avançou, neste que é o seu ano de estreia nestes momentos decisivos.

Depois de em 2015 terem recebido o Europeu Feminino, os italianos do Matera não avançaram qualquer proposta para a organização desta Final Four.

Às 23h45 chegou a proposta leonina. Colocada de parte a hipótese de organizar a Final Four no Pavilhão do SC Livramento, várias foram as hipóteses que foram aventadas para a candidatura do Sporting. No final, os leões apresentariam o Pavilhão dos Desportos de Torres Novas, no que poderia ser o regresso da decisão das grandes competições de clubes àquela cidade depois das Final Four da Liga Europeia em 2006 e Taça CERS em 2010, e da decisão da Intercontinental em 2013.

Repetentes na presença, Barcelos e Sporting repetiram também a intenção de organizar a fase decisiva da prova.

Antes, às 23h32, chegou a proposta que acabaria por ser a vencedora. O Óquei Clube de Barcelos, com apoio da Câmara Municipal de Barcelos, bateu a concorrência logo no primeiro critério, o da proposta financeira.

O Municipal de Barcelos

Palco das maiores glórias do Óquei Clube de Barcelos, a "Catedral" como é conhecido o Municipal de Barcelos, recebeu pela última vez um grande evento em 2011, com a realização do Campeonato do Mundo de Sub-20. Volvidos dois anos, receberia a Final Four da Taça de Portugal.

Com uma lotação oficial de 2500 lugares, o Municipal já teve várias enchentes este ano e promete voltar a encher, em particular com adeptos afectos ao Óquei de Barcelos mas também ao Sporting.

O complexo, edificado no espaço do Parque da Cidade, foi construído em 1972 e a pista tem as tradicionais medidas de 20x40m, num azul claro que - diz-se - favorece a transmissão televisiva.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade