Notícia

Oeiras prepara nova época

Jul 03, 2014

Depois de ter terminado a época transacta no terceiro lugar da Zona Sul da II Divisão, a Associação Desportiva de Oeiras prepara a nova época visando novamente a melhor classificação possível e apontando à subida de divisão. Nesse sentido, a equipa que será novamente orientada por Carlos Pires, contará com os reforços Carlos Trindade e André Garção.

Carlos Trindade, de 31 anos, nasceu para o hóquei em Boliqueime, onde permaneceu até 2008. Rumou então até à zona de Lisboa, ingressando no Parede. Em 2009/10 assinou pelo Cascais, ajudando na subida à I Divisão do clube da Linha. Acabou por rumar a meio da sua segunda temporada a Almeirim e aos Tigres para ajudar em mais uma subida. Depois de uma época bem conseguida na I Divisão com o clube almeirinense, comprometeu-se com o Sporting, representando os leões nas últimas duas épocas. André Garção deixou aos 23 anos o Alenquer, depois de uma longa relação iniciada em 1995.

Para a nova temporada, o Oeiras conta com os guarda-redes Hugo Silva e João Santos (ex-júnior), André Garção (ex-Alenquer), Carlos Trindade (ex-Sporting), Diogo Alves, Paulo Rosa, Roger Silva (ex-júnior), Tiago Gouveia e Tiago Nogueira.

O HóqueiPT ouviu o treinador Carlos Pires.

HóqueiPT: O ano passado o Oeiras era visto por muitos como favorito à subida… o terceiro lugar soube a pouco?

Carlos Pires: A responsabilidade de subir na época passada foi criada pelos nossos adversários e não por nós. Compreendo a questão em parte, pois tínhamos inicialmente nomes com um percurso no hóquei de mais-valia para qualquer equipa e que nos poderiam dar essa certeza. Mas isso é na teoria. Eu acredito que o sucesso se constrói com um grupo forte e unido, jogo a jogo e vitória a vitória, e não nas individualidades. Há grupos, enquanto equipa, que ganham jogos e movem montanhas. Eu tive a felicidade enquanto jogador de pertencer a grupos desses. No desporto nunca podemos prever o futuro, podemos apenas trabalhar dia a dia com responsabilidade e com a ambição de sermos os primeiros.

Tentámos desde inicio construir uma equipa e um grupo forte mas sofremos ao longo da época com vários factores que nos impediram de chegar mais longe, desde abandonos por motivos profissionais, transferências de clube e lesões. Foram sem dúvida condicionantes no nosso desempenho enquanto equipa. No entanto, a equipa soube reagir e fazer das fraquezas forças e deu provas que a união faz a força. Os jogadores seniores que acabaram a época foram inexcedíveis na capacidade de se adaptarem a todas as dificuldades e ultrapassá-las, também com uma grande ajuda de jovens da equipa júnior que ao longo do ano duplicaram as horas de treinos para poder ajudar a equipa sénior.

No final, as contas deram o terceiro lugar. Satisfeitos? Não, porque queremos sempre mais. Mas de consciência tranquila por tudo termos feito para ter uma melhor classificação. O clube teve paciência e reconheceu o nosso trabalho.

HPT: O objectivo para o próximo ano é a subida? Quem vês como principais adversários?

CP: O nosso objectivo para a nova época é ganhar cada jogo que vamos disputar! Existem equipas que, pelo seu trajecto, têm neste momento mais argumentos para se assumirem como candidatos à subida de divisão. É o caso da Física e do Tomar. A Zona Sul da II Divisão é extremamente competitiva e qualquer equipa no início pode pensar em ganhar todos os jogos. Respeitamos todos os adversários mas queremos vencê-los!

HPT: O que podem trazer os reforços Carlos Trindade e André Garção?

CP: São dois jogadores que, em primeiro lugar, têm o perfil que nós idealizámos para a nossa equipa, quer em aspectos humanos, quer desportivos. Cada um deles, com características próprias e diferentes, vão ao encontro das necessidades da equipa em questões tácticas. São uma mais-valia para o clube pois mostraram desde os primeiros contactos humildade ao reconhecer neste projecto credibilidade e perspectivas de sucesso. Depois de um período de adaptação a novos métodos de trabalho e novos colegas acredito que, com as suas qualidades técnicas, vão ajudar a equipa a crescer e ter sucesso.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade