Vídeos

«A nossa vontade de vencer é enorme»

Feb 26, 2017

"El portugués, que bueno que és", diz-se em Reus. E Pedro Henriques vai dando aos adeptos motivos para tal.

Na meia-final frente ao Vic, que apontara todas as grandes penalidades no desempate dos "quartos", Pedro Henriques foi um garante na baliza "reusence", defendendo quatro da série de cinco grandes penalidades em mais um jogo - o terceiro em seis - decidido na lotaria dos penáltis. E, em declarações ao HóqueiPT, nesta "lotaria", Pedro Henriques - que começou a construir a reputação de especialista em bolas paradas no Benfica - não deixa de apontar uma quota-parte do seu sucesso ao factor sorte, reconhecendo também que, se não tivesse colegas que marcassem, de pouco serviriam as suas defesas.

Pedro conta-nos um pouco sobre esta decisão, sobre a Copa e sobre a final contra o Barcelona, que se disputa hoje, a partir das 12h30 locais.

O português de 26 anos impõe-se num campeonato onde os guarda-redes catalães eram apontados como referência, e já foi noticiada a intenção do Reus o contratar em definitivo, dado que está cedido por empréstimo pelo Benfica.

Este domingo, Pedro Henriques procura uma terceira Taça para o seu currículo, depois de ter vencido em 2014 e 2015 pelas águias.

Provas relacionadas

Copa del Rey
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade