Notícia

A decisão europeia no feminino

Mar 25, 2017

Decide-se este fim-de-semana o vencedor da 11ª edição da Liga Europeia feminina.

Em Gijón, marcarão presença três das quatro equipas que contam com o troféu nas suas vitrines, faltando apenas o Alcorcón (campeão em 2014) para estarem todos presentes.

O organizador Gijón foi o primeiro vencedor da prova, em 2007, voltando a vencer em 2009, 2010 e 2012. A edição de 2010 teve como palco, tal como este ano, o Palacio de Deportes Presidente Adolfo Suarez, numa edição recordada pela enchente que empurrou a equipa asturiana para a vitória. E, arredado do título há cinco anos, o Gijón procura a sua quinta conquista.

A equipa do Benfica - que este época já conquistou a Supertaça - procura nova conquista europeia

O Voltregà partilha com o Gijón o topo da lista de conquistas, somando também quatro. As azuis-e-brancas venceram em 2008, 2011, 2013 e no ano passado, chegando às Astúrias como as detentoras do troféu.

O Benfica soma apenas uma conquista, em 2015, mas com valor acrescido. As encarnadas, completamente dominadoras a nível interno, foram a única equipa "não espanhola" a lograr vencer a prova.

A outra equipa presente nesta Final Four, é o Manlleu, que procura desesperadamente o título. Inclusivamente, organizou as duas últimas edições da prova, mas deixaria sempre fugir o troféu...

Os confrontos das meias

Nas meias-finais da edição deste ano da Final Four, entrarão primeiro em pista Gijón e Benfica. Este sábado, a partir das 18h30 locais, as encarnadas procuram repetir o feito de 2015, quando afastaram o organizador a caminho da final... e da conquista.

Na outra meia-final, o Voltregà defronta o Manlleu, em partida agendada para as 20h30. As duas equipas já se defrontaram esta época para a OK Liga feminina, com as de Voltregà a vencerem em Manlleu por 1-3.

Percurso

Finalistas em 2016, Voltregà e Manlleu ficaram isentos da pré-eliminatória desta Liga Europeia feminina, mas Gijón e Benfica também não tiveram missões complicadas. A equipa das Astúrias venceu as alemãs do Bison Calenberg por 1-12 e por 14-3, enquanto as encarnadas venceram as francesas do Merignàc por 0-5 e 7-2.

Marlene Sousa e Rita Lopes, ambas do Benfica, são as mais certeiras da prova, com 10 golos marcados

Nos quartos-de-final, antecâmara da Final Four, o apuramento mais complicado foi o do Gijón. Num duelo com o Palau Plegamans, a vitória por 2-4 na Catalunha foi decisiva, cifrando-se a segunda mão num empate a uma bola.

Só com vitórias, Benfica (10-2 e 2-5 frente ao Coutras), Voltregà (10-0 e 1-11 com o Noisy Le Grand) e Manlleu (2-6 e 7-2 com as italianas do Molfetta), carimbaram a passagem à desejada Final Four.

Figuras

Pelo Palacio des Deportes passará o melhor Hóquei em Patins feminino do Velho Continente. Figuras não faltam e cinco das jogadoras que marcarão presença podem orgulhar-se da conquista do Campeonato do Mundo em 2016, no Chile. Natasha Lee e Berta Tarrida (Voltregà) e Anna Casarramona, Maria Diez e Sara Lolo (Gijón) tornaram-se heroínas em Espanha e procuram agora nova glória ao serviço dos seus clubes.

Do lado português, Marlene Sousa é a bandeira. Consagrada melhor jogadora desse último Mundial liderará um grupo valoroso onde se destacam as gémeas Rita e Rute Lopes, a guarda-redes Maria Celeste Vieira ou a chilena Macarena Ramos.

Como jogadores, Beto Borregan e Paulo Almeida encontraram-se na final da Liga Europeia de 2002, em Guimarães. Nenhum marcou, mas Beto levantou o troféu, conquistado em golo de ouro.

Nos bancos, estarão dois nomes que não precisam de apresentação no mundo do Hóquei em Patins... mas masculino. Beto Borregan (que conquistou notoriedade no FC Barcelona) e Paulo Almeida (que se destacou no Benfica e no Óquei de Barcelos) ganharam múltiplos títulos ao serviço dos seus clubes e selecções e são agora os treinadores de, respectivamente, Voltregà e Benfica. O português é o treinador das águias desde o início do projecto e é tetra-campeão nacional. O catalão está no seu primeiro ano ao serviço do Voltregà.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade