Notícia

Mudanças à vista em Viana

May 18, 2017

Anunciada a continuidade do presidente Rui Natário e do treinador Renato Garrido no comando técnico, a Juventude de Viana estará já a preparar a próxima temporada.

Num tranquilo sexto lugar, já foram veiculadas pela comunicação social as saídas de Edo Bosch (abandona) e do avançado Diogo Fernandes (para o Valongo), estando praticamente certa a entrada do argentino Emanuel Garcia, actualmente no Igualada, que - a confirmar-se - regressará ao campeonato português depois de ter deixado o Porto em 2011. Mas Emanuel falhará a oportunidade de reencontrar um dos companheiros dos tempos de dragão ao peito... Gonçalo Suissas, de 31 anos, está também de saída da Juventude de Viana.

Diogo Fernandes deixará a Juventude após sete temporadas

Reconhecido como uma das pérolas da formação do Paço de Arcos, Gonçalo Suissas rumou à Juventude de Viana em 2007 para ser peça preponderante na época áurea do clube. Em três temporadas de laranja, logrou dois vice-campeonatos, caindo apenas nas finais do playoff com um Porto que caminhava para o histórico deca. E, para conquistar o décimo campeonato, os azuis-e-brancos chamaram Suissas em 2010, que se juntava não só a Emanuel Garcia, mas também a nomes como Edo Bosch, Filipe Santos, Reinaldo Ventura, Pedro Gil ou... André Azevedo, que deverá continuar nos vianenses na próxima temporada.

Gonçalo Suissas

Depois de duas temporadas no Dragão, Suissas rumou em 2012 a um Candelária que entrava financeiramente numa espiral descendente. Depois de apenas uma época na ilha do Pico, regressou ao continente. Representou a Oliveirense em 2013/14 e o Valongo em 2014/15, antes de regressar a Viana do Castelo.

Esta temporada, o internacional português não tem tido tantos minutos de jogo como desejaria, e partirá para um novo desafio.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade