Notícia

Ausências de Benfica e FPP marcam conferência de imprensa

Jun 24, 2017

Sem Pedro Nunes, treinador do Benfica, decorreu na tarde desta sexta-feira a conferência de imprensa de lançamento da Final Four da Taça de Portugal, com Guillem Cabestany (Porto), Nuno Domingues (Tomar), André Gil (Física) e a Vereadora do Desporto da Câmara Municipal de Gondomar, Sandra Almeida.

Com o tema da anunciada ausência do Benfica sempre presente, a Vereadora do Desporto frisou ainda não ter qualquer posição da Federação de Patinagem de Portugal, socorrendo-se do que foi sendo veiculado pela comunicação social. Guillem Cabestany recusou-se a dar a partida das meias-finais como ganha e foi cauteloso nas suas palavras, fugindo à condenação da atitude do rival - que o catalão parece esperar que seja revertida - e reportando mesmo à troca de ideias entre os treinadores no início da temporada que já eram prenúncio do excelente espectáculo que foi esta temporada em pista.

Apanhados no turbilhão deste tema quente, Nuno Domingues e André Gil acabaram por ser relegados para segundo plano. Mas, quando tiveram a palavra, não se fizeram rogados.

O treinador do Tomar vincou que o que se passou, com o comunicado e ausência do Benfica, é "muito mau para o desporto português", uma "falta de respeito pela modalidade", deixando quase sem palavras. "Ou melhor, tenho muitas palavras, mas não é altura para as dizer", disse Nuno Domingues, arrancando uma gargalhada geral.

Benfica faltou à conferência de imprensa na Cidade Europeia do Desporto

O técnico dos nabantinos, protagonistas de uma boa campanha no escalão maior vindos da II Divisão, assumiu o favoritismo frente à Física, mas frisou que é preciso demonstrá-lo. E lembrou que o vencedor dessa partida das meias terá também o prémio de, desde logo, garantir a presença na Supertaça António Livramento, frente ao campeão nacional, Porto.

André Gil começou desde logo por lamentar a falta de alguém em representação da Federação na conferência de imprensa, numa Final Four que é um momento alto da temporada. Relativamente ao protesto encarnado, André recordou que a sua equipa não subiu por uma grande penalidade apitada nos instantes finais da última jornada da Zona Sul da II Divisão, mas que não pensaria faltar, por "respeito à modalidade, adeptos e adversários".

O treinador da Física queixar-se-ia mesmo de um tratamento diferenciado, expondo a título de exemplo que, quando as horas possíveis de adaptação à pista foram enviadas para Tomar e Física, já Benfica e Porto tinham as suas reservadas.

Este sábado, Tomar e Física jogam a partir das 14h15 por um lugar na final, onde o Porto garantirá o lugar depois, a partir das 18h30, e cumpridos os prazos para formalizar a falta de comparência, seja decretado vencedor.

O comunicado da FPP

Tal como André Gil lamentou, ninguém da Direcção da FPP marcou presença, apesar da expectativa dos jornalistas numa reacção ao comunicado do Benfica. A reacção chegaria horas depois, no comunicado breve e insípido que passamos a transcrever:

«A Federação de Patinagem de Portugal (FPP) teve conhecimento do comunicado do Sport Lisboa e Benfica, dando conta da intenção de não comparência na Final a Quatro da Taça de Portugal de Seniores Masculinos, prova a realizar de 24 a 25 de Junho de 2017, no Pavilhão Multiusos de Gondomar.

A FPP lamenta a decisão do Sport Lisboa e Benfica e as inevitáveis consequências negativas que dela advêm para o Hóquei em Patins.

No entanto, apenas o Sport Lisboa e Benfica é responsável por tal decisão.

A FPP comunica que se mantêm todos os horários e procedimentos previstos para os jogos da Final a Quatro da Taça de Portugal de Seniores Masculinos.»

Provas relacionadas

Taça de Portugal - Final Four
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade