Notícia

Argentina ataca o 'bi' com tudo

Jul 16, 2017

A Argentina já tem a selecção que vai defender o título mundial praticamente definida. E que selecção Giuliani vai levar à China...

Depois da conquista em 2015, em França, a selecção das pampas procura na China o seu sexto título mundial e o primeiro "bi" após os triunfos sem seguimento de 1978, 1984, 1995 e 1999.

E a "albiceleste" vai com tudo...

Da selecção que venceu categoricamente em 2015, saem Josi Garcia, a que faltou afirmação noutro nível, e o histórico David Paez, importante na final de La Vendée com a Espanha, mas que em Dezembro já completará 42 anos.

Lopez continua a merecer confiança e deverá voltar a envergar a braçadeira de capitão

A Argentina foi uma selecção de continuidade em Montreux, onde estiveram - e ganharam - os já campeões do Mundo Valentin Grimalt, Carlos Nicolía, Lucas Ordoñez, Matías Platero e Reinaldo Garcia. A estes juntaram-se naquele torneio suíço Matías Pascual e o guarda-redes Constantino Acevedo, que transitam para a convocatória do Mundial, bem como Franco Platero, Lucas Martínez e Dario Gimenez (que em Montreux substituiu na convocatória o lesionado Gonzalo Romero), que terão de esperar por nova oportunidade para se intrometerem na constelação às ordens de Giuliani. Isto porque, apesar do afastamento dos palcos europeus, Carlos López voltará a capitanear a selecção e, apesar dos rumores de "divórcio" com a sua selecção, Pablo Alvarez volta também a vestir a albiceleste.

Em 2015, Pablo Alvarez e Matías Pascual estiveram convocados para França, mas foram baixas de última hora.

A dúvida reside na baliza. O habitual ponto fraco de um país recheado de recursos técnicos e de olhos na baliza adversária, tem quatro candidatos, tendo sido chamados Valentin Grimalt, campeão do Mundo em 2015 e que deve continuar dono da baliza, Constantino Acevedo, que esteve com a selecção no Torneio de Montreux, Rodrigo Fernández e Pablo Gómez.

À "frente", já não há dúvidas. "Carlitos" Lopez, "Carlitos" Nicolía, "Mati" Pascual, "Lukitas" Ordoñez, "Pablito" Alvarez, "Mati" Platero, Gonzalo "Romerito" e "Nalo" Garcia são os oito chamados e formam um conjunto de individualidades de valor inquestionável. E nos últimos eventos - Mundial e Montreux - a Argentina mostrou-se capaz de funcionar também colectivamente...

Pablo Alvarez regressa à albiceleste seis anos depois de ter sido o melhor marcador no Mundial de San Juan

A estreia da Argentina na defesa do título Mundial é frente a Portugal, actual campeão da Europa, defrontando-se as duas campeãs na primeira jornada do Grupo A, a 3 de Setembro. O grupo de Argentina e Portugal conta ainda com Itália e França, passando os três primeiros aos quartos-de-final.

Nestes mesmos World Roller Games, a Argentina participa também nos mundiais de seniores femininos (estando no grupo de Portugal) e de Sub-20. Destaque na selecção das pampas de Sub-20 para a chamada de Facundo Navarro, atleta do Sporting.

Pré-Selecção da Argentina para o Mundial 2017

Seleccionador: Dario Giuliani

Guarda-redes: Valentin Grimalt (SEC), Constantino Acevedo (Concepción), Rodrigo Fernández (Andes Talleres) e Pablo Gómez (Valenciano)

Jogadores de pista: Carlos Lopez (Social San Juan), Carlos Nicolía (Benfica), Matías Pascual, Lucas Ordoñez e Pablo Alvarez (Barcelona), Matías Platero (Reus), Gonzalo Romero (Forte dei Marmi) e Reinaldo Garcia (Porto)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade