Notícia

Oliveirense critica falta de transmissão

May 07, 2018

Em comunicado assinado pelo seu vice-presidente para o Hóquei em Patins, António Valente, a Oliveirense crítica a não transmissão pela TVI24 da partida que opôs a equipa de Oliveira de Azeméis ao Benfica este domingo. Ao contrário da expectativa gerada, o jogo seria apenas transmitido no site do canal informativo de Queluz.

Dirigindo-se ao vice-presidente federativo Paulo Rodrigues, exigindo uma tomada de posição da Federação de Patinagem de Portugal, a Oliveirense expõe a sua posição conforme aqui transcrevemos:

Na sequência de vosso email infra, datado de 18 de Abril de 2018, na qual é “informada” a alteração do jogo com o SL Benfica, inicialmente marcado para dia 5 de Maio às 17.00, por motivo de transmissão televisiva pelo operador oficial da TVI 24, vimos pelo presente comunicar a V.Exas.:

1. Lamentamos mais uma vez a falta de respeito e consideração demonstrada pela TVI 24, a qual de forma constante e reiterada incumpre – julgamos nós pois desconhecemos o seu teor e conteúdo – com o contrato assinado com a Federação de Patinagem de Portugal e que regulamentarmente obrigada todos os clubes participantes no Campeonato Nacional da 1.ª divisão;

2. As referidas transmissões, factualmente, limitam-se a aproveitar os sinais disponibilizados pelas Televisões dos ditos três grandes, não tendo transmitido até à presente data qualquer outro jogo em que não intervenha o FC Porto, SL Benfica e Sporting CP; julga a UD Oliveirense que tal politica em nada contribui para o desenvolvimento e promoção da modalidade, limitando-se o operador televisivo e com a complacência da FPP a aproveitar os “shares” de transmissão garantidos pelos três grandes.

3. No dia de ontem, o desrespeito para com o hóquei patins, para com a UD Oliveirense e também com o SL Benfica foi mais além: a TVI24 não transmitiu o jogo agendado da jornada;

4. A FPP solicitou a alteração da data do jogo no dia 18/4, quando a UD Oliveirense já tinha programada a deslocação a Lisboa, tendo com isso custos acrescidos inerentes a alteração de unidade hoteleira e mudança da mesma por indisponibilidade para as novas datas;

5. Há da parte da TVI 24 e por consequência da FPP um total desrespeito para com os clubes filiados, sendo estes altamente condicionados pelas transmissões televisivas e horários practicados, não havendo qualquer preocupação em promover a modalidade, mas sim garantir e tapar buracos de programação;

6. A UD Oliveirense exige que lhe sejam ressarcidas as despesas suportadas com alteração do jogo, lamentando o sucedido e demonstrando desde já a sua indisponibilidade para que qualquer jogo seu seja alvo de transmissão televisiva pela TVI 24;

7. A UD Oliveirense exige da FPP uma tomada de posição séria e firme para com o seu operador oficial, para efectiva e concreta promoção da modalidade e não apenas para servir interesses dos canais televisivos;

8. Iremos aguardar por uma tomada de posição da FPP no mais curto espaço de tempo, devendo a mesma ser proporcional e equitativa à forma como actua e penaliza financeiramente os clubes quando não descarregam por lapso ou por motivos técnicos os jogos realizados na condição de visitado na plataforma on-line da FPP.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade