Notícia

Resistência inglesa durou 12 minutos

Jul 15, 2018

Depois dos momentos protocolares (e foram muitos na Corunha), começou o 53º Campeonato da Europa, com uma vitória da Espanha por 10-1 sobre a Inglaterra.

A Espanha, em busca do título que lhe escapa desde 2012, defrontou uma Inglaterra que é ainda a terceira selecção mais titulada, com 12 conquistas nas 12 primeiras edições da prova, e onde o português José Carlos Amaral vai fazendo um trabalho desde a base até aos seniores digno de registo. Um trabalho que passa também pela colocação de alguns jogadores em Portugal, destacando-se Alex Mount, que representa a Sanjoanense.

Alex Mount, jogador da Sanjoanense, marcou o primeiro golo do 53º Europeu

No arranque da partida, a dupla constituída por José Pinto e Joaquim Pinto apitou duas faltas a Mount, valendo a segunda uma reacção com um impropério em bom português. Mas Mount mostrou que aprendeu muito mais do que o vernáculo nacional e encabeçou uma excelente primeira parte inglesa. Aos oito minutos, fez o tento inaugural do jogo (e do Campeonato), batendo Sergi Fernandez, e somou boas acções.

Casanovas, anunciado reforço do Benfica, marcou de grande penalidade, um dos seus cartões de visita

A Inglaterra defendia bem, gorando as iniciativas de um cinco inicial espanhol que contava com Jordi Adroher e Albert Casanovas, companheiros no Benfica na próxima temporada. A resistência inglesa caiu já depois da entrada de Ferran Font (campeão português pelo Sporting) e de Edu Lamas. Edu, a jogar em casa, fez o empate aos 12 minutos e faria o quarto, de grande penalidade a quatro minutos do intervalo, depois de Adroher, numa extraordinária execução técnica, e Nil Roca terem consumado a reviravolta. O 5-1 com que se chegaria ao intervalo seria da autoria de Casanovas, também de grande penalidade.

Edu Lamas quebrou a resistência inglesa

Pese o esforço inicial, a Inglaterra perante uma Espanha campeã do Mundo, a impor um ritmo "qb". Na etapa complementar, Alabart, Roca, Marin (por duas vezes) e Font elevaram o marcador até ao 10-1 final, para três pontos que valem desde este primeiro momento a liderança no grupo B, que conta ainda com Alemanha, Holanda, Bélgica e Itália.

Este domingo, entram em pista as restantes selecções, excepto a França, que só se estreia esta segunda, frente a Andorra. De resto, os andorrenhos também apadrinham, esta noite, a estreia de Portugal, em partida que será transmitida em directo na RTP1, a partir das 21h de Portugal continental.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade