Notícia

Cerceda conquista 1º Eurocidade

Sep 14, 2014

O Cerceda conquistou o 1º Torneio Eurocidade com uma vitória sobre o Sporting por 6-4.

Numa partida bem disputada mas marcada por muitas paragens, a preparação mais avançada da equipa galega vingou na recta final.

O Sporting entrou bem na partida, com João Pinto em muito bom plano na condução do jogo atacante leonino, e adiantou-se no marcador à passagem da dezena de minutos, por Carlitos, que já na véspera expressara a sua confiança na obtenção de golos a HóqueiPT. E o reforço ex-Física bisaria ainda na primeira parte, pouco depois de Martin Payero ter restabelecido a igualdade de livre directo para o adversário da Oliveirense na Taça CERS. A partida chegaria ao intervalo empatada a duas bolas, mercê de um golo de Gonzalo Perez.

Carlitos bisou frente ao Cerceda

A etapa complementar da grande final teve um início atípico nos confrontos entre equipas portuguesas e espanholas. Payero e Joan Manuel Grasas desperdiçaram duas bolas paradas – um livre directo e um penalti – e pelo meiofoi um português a mostrar frieza e eficácia. André Moreira colocou novamente os leões na frente.

O veterano Martin Payero foi o melhor marcador da competição, com cinco golos nas duas partidas.

No entanto, tudo regressaria à habitualmente fatal normalidade. João Pinto e Ricardo Figueira não lograram bater Willy Dominguez e Martin Payero não perdoou… de livre directo e na recarga a uma grande penalidade deu a volta ao jogo para 4-3. Faltavam jogar 10 minutos mas não mais os leões voltariam a estar na frente do marcador. Já com o guarda-redes Martín Rodríguez – reforço de última hora para colmatar a saída de “Neto” para Itália – em pista, Bekas voltou a saltar do banco para marcar (e de livre directo) mas o Cerceda fechou bem os caminhos para a sua baliza e não permitiu mais golos. Do outro lado, os derradeiros minutos de um torneio que foi exigente premiaram a equipa que entra em competição já para a semana. A equipa da OK Liga adiantou-se pelo matador Gonzalo Perez, num desvio junto à baliza, e Juan Fariza matou o jogo, num lance em que ficou bem patente o inevitável desgaste da equipa leonina, a estender a passadeira ao jogador espanhol para o 6-4 final.

Martin Payero, letal nas bolas paradas, foi o goleador-mor do torneio

Barcelos garante terceiro lugar nos ‘penaltis’

O Barcelos levou de vencida a equipa anfitriã, o Valença, nas grandes penalidades depois de um empate a quatro no tempo regulamentar.

A disputar o terceiro e quarto lugar, as duas equipas minhotas ofereceram um bom espectáculo, corolado com minutos finais emocionantes. Ainda na primeira parte, Miguel Vieira e João Guimarães marcaram para os barcelenses, com o Valença a conseguir responder aos dois golos por Tomba e Ziga.

O hat-trick de Tomba não foi suficiente para a vitória do Valença

O veterano argentino Tomba – um dos muito jogadores do Valença que já passou por Barcelos – foi mesmo a figura da partida, conseguindo os dois golos que levaram a contenda para as grandes penalidades. Antes, Hugo Costa e José Braga colocaram os primodivisionários a vencer por 4-2, mas os anfitriões do torneio quiseram mostrar mais ao seu público. Com o também veterano Jorge Maceda a surgir melhor do que na véspera, os pupilos de Paulo Morais reduziram ainda com onze minutos para jogar e chegaram ao empate a menos de dois minutos do final, sempre pelo inevitável Tomba, num prémio para a vontade demonstrada pela equipa da II Divisão.

Nas grandes penalidades, marcaram Miguel Vieira e João Guimarães para o Barcelos, enquanto do lado do Valença apenas Diogo Sá conseguiu bater Ricardo Silva.

Jogos relacionados

OC Barcelos, SAD
6 : 5
13 Set 20h30
Valença HC
CP Cerceda
6 : 4
13 Set 22h00
Sporting CP

Provas relacionadas

Torneio Eurocidade
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade