Notícia

Hugo Azevedo promete um Riba d’Ave em crescendo

Dec 08, 2018

O Riba d’Ave vai entrar na nona jornada do Campeonato Nacional da I Divisão no sexto lugar, depois de ter perdido, a meio da semana, contacto com Benfica e Oliveirense e de ter sido passado pelo Porto.

A derrota na Luz não desprestigia e a equipa liderada por Hugo Azevedo deixou uma excelente imagem. Ao intervalo, vencia por 1-2. “Houve muito mérito do Riba d'Ave numa fase inicial. Na primeira parte, seguimos o plano de jogo que tínhamos à risca”, descreveu Hugo Azevedo, treinador e jogador, no final da partida. “Na segunda parte, sabíamos que o Benfica ia entrar muito forte. Cometemos dois ou três erros que não deviam ter acontecido, que estavam previamente analisados”, lamentou.

Hugo Azevedo orienta, joga, faz jogar… e também marca; é o terceiro melhor marcador do Campeonato

Ficaram lições a reter. “Vai servir certamente de análise. Vai ser um jogo com muita matéria para analisarmos e vai-nos fazer crescer, de certeza absoluta”, garantiu o actual terceiro melhor marcador do Campeonato, com 10 golos, tantos como o benfiquista Lucas Ordoñez e apenas superado por Nuno Araújo (Valongo, 11) e Gonçalo Alves (Porto, 15).

Segue-se o Tomar, na fase mais difícil

O sexto lugar do Riba d’Ave é resultado de 14 pontos conquistados. Nos dérbis minhotos com Óquei de Barcelos (4-4) e Juventude de Viana (1-1) empatou, mas jogando em ambas as situações a jogar na pista do adversário.

Na sua pista, o Riba d’Ave venceria o Valongo (2-1), o Oeiras (5-3) e o Paço de Arcos (6-1), logrando os três pontos também em Turquel (0-2). Derrotas, para já, só com o campeão nacional Sporting (2-5) e agora com o vice-campeão nacional Benfica (7-2).

Campeão do Mundo de Sub-20 em 2013 e 2015, Diogo Seixas afirma-se na I Divisão

Este sábado, a partir das 18h30, o Riba d’Ave recebe no Parque das Tílias, onde só o Sporting pontuou, outro Sporting, o de Tomar. Os nabantinos ocupam o penúltimo lugar, em igualdade pontual com o lanterna-vermelha Paço de Arcos, e precisam de pontos para fugir da zona de despromoção.

Depois, seguem-se Oliveirense (15 de Dezembro) e o Porto, já em 2019 (5 de Janeiro). A primeira volta terminará com os jogos com Braga (12 de Janeiro) e Marinhense (19 de Janeiro).

Diogo Fernandes tem estado em bom plano na baliza ribadavense, só havendo três equipas – Sporting, Oliveirense e Porto – menos batidas

“O Riba d'Ave tem os objectivos bem delineados”, assegura Hugo Azevedo. “É uma equipa ambiciosa, uma equipa com qualidade. Temos jovens com muita qualidade e sabemos exactamente aquilo que queremos”, vinca.

“Numa fase inicial conseguimos os resultados que, na maior parte das vezes, queríamos, mas sabemos que também vamos passar por fases difíceis e esta fase que aí vem é uma fase difícil. Mas tenho a certeza que vamos superar esta fase, cumprir com o que são os nossos objectivos e, se calhar, surpreender muita gente como está a acontecer até agora”, avisa, deixando o alerta à concorrência

Internacional moçambicano Serôdio é um dos pilares da equipa

Em crescendo?

A equipa do Riba d’Ave conta com a experiência de Hugo Azevedo (35 anos), Bruno Pinto (“Serôdio”, 33) e do capitão Raúl Meca (30). De resto, a aposta é num grupo em que nenhum outro jogador passa os 23 anos, como os reforços para esta temporada.

Para além de Nuno Pereira (“Miccoli”), foram “recrutados” os campeões do Mundo de Sub-20 Diogo Seixas (2013 e 2015), Diogo Casanova (2015), Pedro Freitas (2015) e Tomás Pereira (2017), este último ainda com idade Sub-20. A equipa conta ainda com Daniel Pinheiro, de 20 anos, que vem da temporada passada e é uma peça importante na rotação da equipa.

Tomás Pereira é o “benjamim” da equipa, mas tem somado muitos minutos na divisão maior

A margem de crescimento dos jogadores e da equipa é enorme. “Tenho a certeza de que isso vai acontecer”, frisa Hugo Azevedo. “Com o consolidar daquilo que é o nosso modelo, sinto que estamos a crescer a cada jogo. E este jogo não foi excepção”, refere, apontando ao duelo da Luz. “É obvio que o Benfica nos criou muitas dificuldades, mas nós sabíamos exactamente aquilo que queríamos. Não vamos embora com o resultado que queríamos, mas vamos convictos de que isto nos vai fazer crescer, nos vai fazer muito melhores no futuro”, conclui.

A 9ª jornada

Para além da recepção do Riba d’Ave ao Tomar, a nona jornada encerra em si outros jogos particularmente interessantes.

Na luta pela fuga aos últimos lugares, o Oeiras recebe a Juventude de Viana e o Paço de Arcos desloca-se a Turquel.

Ainda este sábado, o Porto desloca-se à Marinha Grande, onde o espera um Marinhense que também tem surpreendido, mas o grande destaque será para o embate entre Óquei de Barcelos e Oliveirense. A equipa de Oliveira de Azeméis persegue a liderança do Sporting, mas no Municipal de Barcelos mora uma equipa que ainda não perdeu para o Campeonato.

Este domingo, o Sporting recebe o Braga, mas as atenções estarão em Valongo, onde a equipa de Miguel Viterbo, à mesma hora (15h), recebe o Benfica, num confronto sempre muito disputado e de resultado incerto.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade