Notícia

Oliveirense põe termo à invencibilidade do Barcelos

Dec 09, 2018

A Oliveirense venceu este sábado o Óquei de Barcelos por 3-6 e igualou o Sporting no topo da classificação do Campeonato Nacional da I Divisão com 20 pontos, mas os leões têm menos um jogo.

Quatro vitórias e quatro empates depois, o Óquei de Barcelos “caiu”. A equipa orientada por Paulo Pereira dispôs de uma soberana oportunidade para se adiantar ainda não estavam cumpridos dois minutos, numa grande penalidade que Gonçalo Nunes não conseguiu converter, mas seria a Oliveirense a inaugurar o marcador, aos cinco minutos, por Xavi Barroso.

Hugo Costa ainda restabeleceu a igualdade, mas Pedro Moreira e Pablo Cancela permitiram à equipa de Renato Garrido recolher aos balneários com uma vantagem de 1-3. Com o jogo frente ao Benfica como exemplo, em que recuperaram de uma desvantagem de três golos, os “galos” entraram confiantes, e reduziriam por Zé Pedro. No entanto, dois golos de Marc Torra na resposta seriam fatais…

Hugo Costa ainda voltou a reduzir, para 3-5, mas, apesar do pressing final, seria mesmo a Oliveirense a voltar a marcar, por Jordi Bargalló, já nos instantes finais.

Porto goleia

Na Marinha Grande, o Porto venceu por 3-11, tornando-se a primeira equipa a chegar à dezena de golos neste campeonato.

A vitória azul-e-branca, em semana em que foi conhecida a renovação de Guillem Cabestany, começou a ser construída logo no primeiro minuto, com Reinaldo Garcia a dar o mote para uma primeira parte que terminaria com uma vantagem de cinco golos sem resposta.

Na etapa complementar, os golos foram surgindo paulatinamente. Os golos de João Lombra (1-7), Nico Carmona (2-9) e David Costa (3-9) não fizeram perigar um triunfo que seria folgado e selado ainda a sete minutos e meio do final, por Hélder Nunes.

Gonçalo Alves, o melhor marcador do Campeonato, voltou a destacar-se, com quatro golos.

Juventude de Viana vence em Oeiras

Na luta pela fuga aos últimos lugares, a jornada foi aziaga para as equipas da Linha de Cascais. O Paço de Arcos perdeu em Turquel, num jogo em que, depois dos alvinegros se adiantarem, até lograram chegar ao intervalo a vencer por 1-3. Na etapa complementar, os pupilos de Nelson Lourenço, que partiam para esta jornada com apenas mais um ponto do que os seus adversários directos, recuperaram e viraram o resultado para o 6-4 final.

O Oeiras foi derrotado em casa pela Juventude de Viana. Os vianenses somaram a terceira vitória consecutiva e o quarto jogo seguido sem perder ao triunfarem por 3-4, com Francisco Silva em particular destaque, ao assinar um hat-trick.

A equipa de Miguel Dantas e Pedro Feliz chegou ao intervalo a vencer com um golo solitário de Tiago Nogueira, aos seis minutos. Na segunda parte, Franco Ferruccio (“Tato”) dilatou, mas então veio a reviravolta vianense, concretizada no 2-3 por Francisco Silva a cinco minutos do final. Tato repôs a igualdade um minuto volvido, mas, com pouco mais de um minuto para jogar, Francisco Silva foi frio no livre directo a castigar a 20ª (!) falta do Oeiras e fez o 3-4 final.

Abaixo da linha de água, o Oeiras foi apanhado pontualmente pelo Sporting de Tomar. No entanto, os nabantinos não foram além de um empate – o terceiro consecutivo da equipa de Jorge Godinho - a três em Riba d’Ave, apesar de nunca terem estado em desvantagem, tendo mesmo estado a vencer por 0-1, 1-2 e 2-3. A quatro minutos e meio do fim, Daniel Pinheiro, de livre directo, fixou o resultado final.

Jogo quente em Valongo

Para este domingo ficaram guardadas duas partidas, ambas às 15h.

O Sporting (1º) recebe o Braga (7º), enquanto o Benfica, quarto depois das vitórias de Porto e Oliveirense, se desloca a Valongo, que caiu dois lugares, para 10º, com os jogos deste sábado.

Provas relacionadas

Campeonato Nacional da I Divisão - Campeonato
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade