Notícia

Maliàn e Di Benedetto no Porto, no assalto luso ao Liceo

Jan 24, 2019

O La Opinión, da Corunha, adianta esta quarta-feira que Xavi Malián e Carlo Di Benedetto estarão a caminho do Porto.

Segundo a edição online daquela publicação, o guarda-redes catalão e a estrela gaulesa já terão comunicado ao Deportivo Liceo que não ficarão na próxima temporada e que reforçarão os azuis-e-brancos da Invicta.

A possibilidade de Xavi Malián rumar à equipa orientada por Guillem Cabestany já tinha sido aventada pel’O Jogo. Campeão do Mundo em 2017 e da Europa em 2018, Maliàn é catalão, formado no Voltregà, mas está na Corunha desde 2009, fixando-se no Liceo depois de ter estado cedido uma época ao Cerceda, filial de “los verdes”. Aos 29 anos, colmatará a saída do também catalão Carles Grau, que deverá regressar a Espanha.

Marin no Sporting, Adroher no Benfica e Maliàn… no Porto?

Carlo Di Benedetto será já muito provavelmente, apesar de ainda só ter completado 22 anos, o melhor jogador gaulês da história do Hóquei em Patins. Filho de mãe galega e pai italiano, irmão de outros dois internacionais gauleses (Bruno e Roberto, ambos no Lleida), Carlo chegou ao Liceo em 2016. Na sua temporada de estreia na OK Liga apontou 18 golos, ficando no pódio dos goleadores na pretérita com 28 golos. Esta temporada, soma já 20 golos, apenas superado por Pablo Alvarez (24), com meia OK Liga realizada.

Sergi Miras e Edu Lamas também podem sair para Portugal

Pelo que é apontado pelos rumores, o Liceo arrisca-se a sofrer uma sangria histórica. Às saídas (ou não continuidade…) de Maliàn e Di Benedetto, poderão juntar-se dois nomes que são muito badalados no Hóquei em Patins português.

Na sua edição desta quarta-feira, O Jogo coloca Edu Lamas na rota do Benfica. Na época passada houve de facto conversações, mas as negociações não chegariam a bom porto. E, agora, com o pai de Edu fora da presidência do Liceo, o possante defensor espanhol poderá mesmo rumar novamente a outras paragens, depois da aventura no Barcelona, muito por culpa de uma lesão prolongada, não ter corrido da melhor maneira. O facto de Alejandro Dominguez, que depositou confiança em Edu Lamas para a selecção, estar agora à frente do Benfica, pode ajudar – enfim - à consumação do “casamento”.

Edu Lamas forma com Casanovas uma sólida dupla defensiva na “Armada” de Alejandro Dominguez

Sergi Miras, também n’O Jogo, é apontado ao Porto, onde o treinador é um velho conhecido. Guillem Cabestany resgatou o ex-jogador do Sporting (2016/17) para o Vendrell, potenciando todas as suas capacidades e levando-o mesmo à condição de capitão. No último defeso, Miras foi falado para o Benfica, mas uma cláusula na rescisão do seu contrato com os leões terá impedido o regresso desde logo.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade