Notícia

Barça confirma 'hexa' com cunho português

Apr 26, 2019

Em jogo antecipado da 26ª jornada, o Barcelona antecipou a festa de campeão espanhol. A sexta consecutiva, a 30ª da sua história.

Em Igualada, uma vitória carimbava o “hexa” blaugrana e foi um português que deu o mote. Aos nove minutos, João Rodrigues inaugurou o marcador e, seis minutos depois, assistiu Ignacio Alabart para o segundo.

João Rodrigues apontou o seu 23º golo na OK Liga, estando apenas aquém de Pablo Alvarez, que soma 39

A confirmação do título começava a tomar forma. O ex-portista Ton Baliu ainda reduziu para os arlequins, mas, no lance seguinte, trairia Elagi Deitg com um auto-golo, depois de lance de Alabart a quem seria atribuído o 1-3 com que se chegaria ao intervalo.

No mítico Les Comes, a segunda parte começou emotiva, mas sem golos. A sete minutos do fim, Pau Bargalló faria o 1-4 que sentenciava a partida, apesar do Barcelona estar à beira das 10 faltas. Dois minutos, mais uma machadada, a final, com o 1-5 por Alabart…

Conquistador

Ainda sobram quatro das 30 jornadas por disputar, mas o título do Barcelona há muito que era visto como inevitabilidade. Agora com 26 jornadas disputadas, o Barça soma 23 vitórias e três empates. A equipa orientada por Edu Castro só não venceu em Noia (2-2), em Reus (4-4) e na recepção ao Lleida (3-3) e este triunfo em Igualada foi o 12º consecutivo na presente edição da OK Liga.

Esta época, o Barcelona ainda só tem o amargo da derrota na Supercopa, para o Liceo, tendo juntado ao seu palmarés conquistas na Lliga Catalana, Taça Continental, Taça Intercontinental, Copa del Rey e, agora, OK Liga.

Estão ainda 12 pontos em jogo na OK Liga, mas o Barcelona passa a ter 16 pontos de vantagem sobre o Liceo (que tem menos um jogo).

Em disputa está ainda a Liga Europeia e, arrumada a questão do campeonato ainda em Abril, Edu Castro terá 15 dias para se dedicar em exclusivo à preparação da meia final, com o Porto. Em jeito de preparação para a defesa do título na prova mais importante a nível de clubes, o Barcelona recebe o Lloret a 5 de Maio.

O Hexa

O hexacampeonato começou a ser construído por Ricard Munõz, com Edu Castro como adjunto. A dupla técnica conquistou quatro campeonatos antes de Muñoz decidir afastar-se. Mudou o comando técnico, mas não mudou o hábito de vencer.

Longe da enxurrada ofensiva de, por exemplo, 2013/14, com mais de 200 golos marcados, mas com mais rigor defensivo [menos de 1.6 golos sofridos por jogo], Edu conduziu o Barcelona às quinta e sexta consecutivas, igualando a série de 1976 a 1982, mas ainda distante da melhor série de conquistas na OK Liga de sempre. Que é do Barcelona. Entre 1997 e 2010, os blaugrana venceram o campeonato espanhol 13 vezes consecutivas.

Ainda com quatro partidas por disputar, o Barcelona pode chegar aos 84 pontos, não batendo os 85 pontos de 2014/15. Mas pode lograr terminar sem derrotas, algo inédito neste “hexa”.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade