Notícia

Viareggio afasta o bicampeão e está na final

May 07, 2019

Foto de capa: Vittoria Pattinatrice

O Viareggio está na final da Série A1.

Sem Alessandro Verona, lesionado na partida anterior, o Lodi tinha de fazer pela vida em Viareggio para continuar “vivo” na luta pelo tri.

Mesmo com uma hora de atraso, devido a um corte de estrada, o início foi promissor. Com seis minutos de jogo, Fernando Montigel marcara para o Viareggio e Francesco Compagno empatara para o Lodi. Mas foi difícil ver novo golo.

O Viareggio conta no seu palmarés com apenas um título de campeão, conquistado em 2010/11.

No arranque da segunda parte, os “bianconeri” escaparam ilesos dos livres directos de Fariza e Compagno – depois de azuis a Montigel e Ventura – e de quatro minutos de inferioridade numérica e o jogo seguiu igualado até aos minutos finais.

O Viareggio de Reinaldo Ventura procurava, perante o seu público, selar a passagem à final, ainda que do outro lado estivesse um Lodi bicampeão às ordens de Nuno Resende. E não faltaria alguma ironia ao apuramento da equipa que conta também com o ex-oliveirense Jepi Selva.

Já nos derradeiros dois minutos, Davide Gavioli, de 21 anos, que na próxima época representará o Lodi, mostrou que é uma aposta segura… e marcou à sua futura equipa, colocando o Viareggio na final, onde não estava desde 2015. Na altura, seria derrotado pelo Forte – que ainda pode encontrar na série decisiva – em cinco jogos.

Valdagno vence no prolongamento e vai à “negra”

Em Valdagno, o jogo era de vida ou morte para a equipa de André Centeno, que tinha de vencer para evitar que o Forte seguisse já para a final.

Os 50 minutos do tempo regulamentar não tiveram golos e seguiu-se para prolongamento. Com apenas 30 segundos decorridos no tempo extra, o português em pista deu o mote.

Centeno inaugurou o marcador e o Gaston de Oro seguiu o exemplo, ampliando para dois golos de vantagem ainda no primeiro minuto do prolongamento.

O melhor que o Forte conseguiria seria reduzir para 2-1, por Federico Ambrosio, apesar da pressão que o levou das nove às 14 faltas nos 10 minutos para desempate.

A decisão fica assim adiada para dia 11, em Forte dei Marmi, com o Viareggio à espera de adversário.

Série A1

Meias-finais (melhor de cinco)

• Viareggio 6-5 Lodi (2-2, 4-3 gp) [1-0]

• Valdagno 3-4 Forte [0-1]

• Lodi 6-4 Viareggio [1-1]

• Forte 2-4 Valdagno (2-2, 0-2 prol.) [1-1]

• Lodi 8-9 Viareggio (4-4, 4-5 gp) [1-2]

• Forte 6-2 Valdagno [2-1]

• Viareggio 2-1 Lodi [3-1]

• Valdagno 2-1 Forte [2-2]

• Forte vs Valdagno • 11.Mai

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade