Notícia

Candelária e Tigres em duelo inédito no Pico

Nov 22, 2014

Numa jornada que este sábado conta apenas com três partidas por força da realização de ronda europeia, encontram-se no Pico duas equipas à procura de confirmar um bom momento.

Defrontar nas sete primeiras jornadas os cinco primeiros do último campeonato, vale para já ao Candelária o indesejável título de equipa mais batida da prova. Mas a última partida, em Valongo, frente ao campeão nacional, poderá ter sido um ponto de viragem. A perder por 7-5, os picarotos chegaram ao empate a 16 segundos do final numa demonstração de crença.

No final da partida com o Valongo, o treinador Hugo Gaidão acedeu a fazer uma antevisão desta partida. Um jogo com significado especial, sendo que nas duas próximas rondas defronta os seus dois últimos clubes: Os Tigres e Sporting.

O adversário do Candelária é a equipa d’Os Tigres. Depois de nas duas últimas oportunidades (2011/12 e 2012/13) não ter viajado até ao Pico por motivos financeiros, esta será a primeira partida da equipa de Almeirim no Pico em jogos a contar para a I Divisão. Os Tigres vão tentar dar seguimento a três jogos sem perder, que levaram o conjunto às ordens de Pedro Nifo acima da linha de água, logo atrás do Candelária. “Estamos focados nisso mesmo, dar continuidade a esta boa série de resultados”, alerta Francisco Veludo, guarda-redes d’Os Tigres, reconhecendo evolução. “O grupo está mais unido e entrosado, somos mais equipa neste momento”, refere.

O guarda-redes Francisco Veludo em acção

Reconhecidamente determinante nos bons resultados da sua equipa, Francisco Veludo chegou a ser treinado por Hugo Gaidão n’Os Tigres. “É sempre diferente quando encontramos alguém que já nos orientou, mas já é algo normal nestas lides. Diferente seria jogar frente a um treinador que esteve comigo 10 ou 12 anos, como o Rui Vieira do HC Sintra. Aí talvez mexesse mais comigo mas neste caso é algo natural”, afirma. Nesta equipa do Candelária, Veludo “teme” principalmente o motor da equipa, o capitão Tiago Resende. “Pode não ser aquele jogador que aparece frequentemente nos ‘resumos’, mas é um jogador que, não só joga bem, como faz jogar os seus colegas”, analisa.

A partida tem inicio às 21h locais, 22h no continente.

Jogos relacionados

Candelária SC
4 : 2
22 Nov 21h00
HC "Os Tigres"
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade