Notícia

Primeiro passo firme e goleador

Jul 08, 2019

Portugal entrou da melhor maneira no seu desafio máximo nestes World Roller Games, batendo a Colômbia por 8-2 na primeira jornada da fase de grupos do Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins.

A selecção orientada por Renato Garrido entrou forte e aos quatro minutos já vencia por 1-0, com Hélder Nunes, no seu primeiro jogo pós-oficialização da ligação ao Barcelona, a inaugurar o marcador.

Hélder inaugurou o marcador

O primeiro cinco de Portugal neste Mundial teve Girão, Henrique, Hélder, Gonçalo e João Rodrigues, mas não tardou a ser desfeito, numa forma de combater o desgaste que o muito calor e humidade que se fazem no Isáac Galvez.

A Colômbia, que fora cedo surpreendida, lograria igualar, por Julian Uribe, aos oito minutos e meio, num excelente remate de meia distância. E, orientada por André Torres, conseguia anular alguns dos pontos fortes dos portugueses.

Uribe surpreendeu Girão

Aos 12 minutos, Portugal dispôs de uma grande penalidade, mas Gonçalo Alves não conseguiu bater Sebastian Gomez, a entrar entretanto com a missão – bem sucedida – de defender o castigo máximo. De resto, na preparação dos guarda-redes, a Colômbia conta com José Caldas, mentor de vários guarda-redes nacionais de valor e cujo expoente máximo é Ângelo Girão. Mas o Mestre Caldas, preparando bem os seus pupilos, não opera milagres…

Rafa, sempre muito activo, assinaria – tal como Jorge Silva – um hat-trick

Pouco depois da grande penalidade, um 2x1 foi bem concluído por Rafa e, ainda antes do intervalo, Jorge Silva ampliaria para o 3-1 com que se chegaria ao intervalo.

Após o reatamento, com Nelson Filipe na baliza, Portugal voltou a surgir melhor e Hélder Nunes voltou a marcar cedo – aos três minutos -, desta feita de livre directo. O castigo surgia no seguimento da 10ª falta colombiana, quando Portugal somava ainda apenas uma. No final, André Torres – na conferência a que foi com o capitão Daniel Hoyos -, sem justificar o resultado na arbitragem, apontaria alguma diferença de critérios na condução do jogo.

Camilo Ramirez é uma das figuras maiores da Colômbia

Na marcha do marcador, Jorge Silva faria o 5-1 logo aos quatro minutos, matando cedo a questão do vencedor da partida.

A confortável vantagem lusa trouxe uma toada diferente ao jogo, que ganhava intensidade no stick de Rafa, a assumir um pouco o papel de transição que noutros campeonatos foi de Diogo Rafael, ou do “benjamim” Miguel Vieira, apostado em mostrar serviço.

Na pista em que, em 2015, se sagrou campeão do Mundo de Sub-20, Miguel Vieira ainda levou a bola com estrondo ao ferro, mas, como em 2015, não marcou. Nesse Mundial só marcaria por uma vez, mas quando foi mais preciso… no desempate por grandes penalidades na final.

Miguel Vieira

Nas contas do presente, Rafa fez o seu terceiro na partida a 10 minutos do final. Esteban Campo reduziu para 6-2 a sete minutos do final, num prémio para uma exibição colectiva bem conseguida, apesar da diferença de valor entre as duas selecções. Os dois golos – de Jorge Silva e Hélder Nunes – nos dois minutos finais seriam um castigo demasiado pesado…

Já esta segunda-feira, a partir das 21h de Portugal continental, há duelo galáctico entre Portugal e Argentina. O jogo decide para já muito pouco, mas será o primeiro entre claros candidatos ao título.

A Argentina teve uma demonstração de força frente ao Chile e, num jogo com excelentes apontamentos, venceu por conclusivos 2-9. Lucas Ordoñez assinou um hat-trick, Nicolía e Alvarez bisaram e os Matias – Pascual e Platero – apontaram um tento cada.

Lucas Ordoñez marcou três golos na vitória de uma Argentina recheada de caras conhecidas dos portugueses

Pelo Chile marcaram Armando Quintanilla, que representou o Carvalhos, e Nico Carmona, jogador do Marinhense, numa partida que ao intervalo já assinalava 1-5 no marcador.

Portugal vs Colômbia

Campeonato do Mundo de Seniores Masculinos

Fase de Grupos, Grupo B, 1ª jornada

Pavilhão Isáac Gálvez, Vilanova i la Geltrù, Catalunha

Árbitros: Carlos Fernández (ARG) e Xavier Bleuzen (FRA)

Resultado final: 8-2 (3-1 ao intervalo)

Portugal

Cinco inicial: Ângelo Girão (gr), João Rodrigues, Gonçalo Alves, Hélder Nunes (3) e Henrique Magalhães

Jogaram ainda: Nelson Filipe (gr), Jorge Silva (3), Rafa (2), Telmo Pinto e Miguel Vieira

Seleccionador: Renato Garrido

Colômbia

Cinco inicial: Sebastian Canizales (gr), Julian Uribe (1), Daniel Hoyos, Camilo Ramirez e David Castaño

Jogaram ainda: Sebastian Gómez (gr), Daniel Aristizabal, Esteban Campo (1), Jaime Herrera e Luís Miguel Martinez

Seleccionador: André Torres

Acção disciplinar

Nada a registar.

Grupo A

• Angola 4-5 Itália

• Espanha 3-1 França

Classificação: 1º Espanha (3 pontos), 2º Itália (3), 3º Angola (0), 4º França (0)

Grupo B

• Chile 2-9 Argentina

• Portugal 8-2 Colômbia

Classificação: 1º Argentina (3 pontos), 2º Portugal (3), 3º Colômbia (0), 4º Chile (0)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade