Breve

Sem forçar, Porto garante lugar na decisão

Sep 28, 2019

O Porto está na final da Taça Continental depois de vencer o Lleida por 2-8.

Os azuis-e-brancos entraram fortes e adiantaram-se logo aos dois minutos e meio, por Carlo Di Benedetto, no primeiro golo de um início de tarde tranquilo para os dragões, que aos 10 minutos já venciam por 0-3, com golos de Gonçalo Alves, de meia distância, e Sergi Miras, eficaz, de grande penalidade.

O golo de Gonçalo Alves seria dedicado a Poka, cujo pai – e de Caio, que também estará ausente - faleceu esta noite depois de doença prolongada. Aos dois internacionais portugueses, e demais familiares e amigos, o HóqueiPT expressa as suas mais sentidas condolências.

Depois do terceiro, o Porto descansou e, na recarga a uma grande penalidade (em que, sem ser ao apito, Maliàn levou um primeiro aviso…), Andreu Tomàs reduziu. Mas, mesmo sem forçar, o Porto viria a repor a vantagem de três golos antes do intervalo, num remate forte à meia volta do capitão Reinaldo Garcia.

Na segunda parte, o Porto, a gerir o esforço dilataria a vantagem. Carlo Di Benedetto voltou a marcar cedo, Gonçalo Alves fez o sexto (com Andreu Tomàs no solo, o que levaria a muitos protestos do Lleida) e Benedetto e Alves voltaram a marcar para chegar a uma vantagem de 1-8.

Entrando o guarda-redes Tiago Rodrigues, quando já Castaño e Zé Miguel (no lugar de Hugo Santos e Poka) tinham jogado vários minutos, o Lleida ainda reduziu de grande penalidade, mas o desfecho da partida há muito que era conhecido.

Na final, este domingo a partir das 17, o Porto terá pela frente o vencedor da segunda meia-final, entre Sporting e Sarzana. Será a sexta final dos dragões na prova, a segunda consecutiva, tendo apenas vencido em 1986.

Lleida 2-8 Porto

Árbitros: Franco Ferrari e Alessandro Eccelsi

Marcha do marcador

Primeira parte: 0-1 Carlo Di Benedetto, 0-2 Gonçalo Alves, 0-3 Sergi Miras (gp), 1-3 Andreu Tomàs (gp), 1-4 Reinaldo Garcia

Segunda parte: 1-5 Carlo Di Benedetto, 1-6 Gonçalo Alves, 1-7 Carlo Di Benedetto, 1-8 Gonçalo Alves, 2-8 Oriol Vives (gp)

Lleida

Cinco inicial: Lluis Tomàs (gr), Andreu Tomàs (1), Oriol Vives (1), Joan Cañellas e Marc Palazon

Jogaram ainda: Mauro Giuliani, Alex Joseph, Sergi Duch e Nathan Gefflot

Treinador: Albert Folguera

Porto

Cinco inicial: Xavier Malian (gr), Goncalo Alves (3), Reinaldo Garcia (1), Rafa e Carlo Di Benedetto

Jogaram ainda: Sergi Miras (1), Giulio Cocco, András Castaño, Zé Miguel e Tiago Rodrigues (gr)

Treinador: Guillem Cabestany

Disciplina

Azul a Marc Palazon, Mauro Giuliani e Joan Cañellas

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade