Notícia

Xano estreia-se entre os postes da equipa principal do Barcelona

Oct 20, 2019

Foto de capa: Gabriele Baldi

O internacional português Alejandro Edo estreou-se este sábado pela equipa principal do Barcelona.

No banco no jogo da Liga Catalã, em virtude da lesão de Sergi Fernandez, “Xano” voltou a ser chamado por Edu Castro novamente para suprir a ausência de Sergi, desta feita imposta por castigo depois da expulsão na meia-final da Liga Europeia da pretérita temporada. E agora, Xano entrou mesmo para defender a baliza blaugrana.

O jogo do Barcelona em Sarzana, da primeira jornada da fase de grupos, foi praticamente um passeio para os blaugrana, com o resultado a chegar a números inesperados. Ao intervalo, o Barcelona já vencia na pista italiana por 0-3, com o titular João Rodrigues a inaugurar o marcador.

Na etapa complementar de um jogo arbitrado por Paulo Almeida e Jaime Vieira, foi o descalabro transalpino. A equipa orientada por Alessandro Bertolucci quebrou e o Barcelona já vencia por 0-8 a 10 minutos do final, com Hélder Nunes a apontar o sétimo e João Rodrigues a bisar para o oitavo. Entrou depois “Xano” Edo.

Xano é internacional português em Sub-17 (Europeus de 2015, 2016 e 2017), Sub-23 (Latina de 2018), Sub-20 (Europeu de 2018) e Sub-19 (Mundial de 2019).

O guarda-redes português de 18 anos está no Barcelona desde 2017, depois de ter representado Infante Sagres e Porto em Portugal, e nesta sua terceira temporada é o terceiro guarda-redes da equipa principal do campeão espanhol, pronto para colmatar qualquer indisponibilidade dos (multi) consagrados Aitor Egurrola e Sergi Fernandez. Em Sarzana, aos 43 minutos, entrou para render Aitor Egurrola, “apenas” o recordista de títulos de todo o universo blaugrana, completando um cinco que tinha já Pablo Alvarez, Hélder Nunes, Ignacio Alabart e Matías Pascual. Apesar de ter entrado com o 99 nas costas, foi "obrigado" a vestir a camisola 1 de Egurrola, em virtude da sua se confundir com a do adversário. Talvez uma troca premonitória a médio prazo...

Nos cerca de sete minutos em pista, Xano manteve a baliza blaugrana inviolada e viu Pablo Alvarez selar um poker para o 0-9 e Marc Gonzalez estrear-se a marcar de blaugrana para o 0-10 final.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade