O meu jogo

«Ter aquele público a puxar por nós é muito bom»

Dec 16, 2014
Tiago Losna

Depois da derrota frente à Oliveirense, o Sporting regressou às vitórias com um triunfo sobre o Carvalhos. Tiago Losna fez um hat-trick. A partida começou praticamente com o primeiro golo do atacante…

Marcámos logo no início do jogo. Puseram-me a bola pela lateral do lado direito e eu forço para entrar dentro da área. O defesa facilitou um pouco e deixou-me passar. Eu enrolo a bola, o Mário Mata defende mas para a frente, eu puxo para a esquerda e faço o primeiro.

Depois tivemos uma fase com muitos remates de longe. Eles defendiam praticamente com os quatro de pista dentro da área e a maneira de tentarmos contrariar foi rematar de meia distância para ver se eles abriam. Mas não nos estava a correr muito bem. Eles estavam a sair em contra-ataque e ainda tiveram algumas situações de 2-para-1 e 3-para-2. Entretanto começámos a jogar 2-2 com jogadas laterais, e o segundo golo surge num penalti, salvo erro sobre o João Pinto, que vem de trás da baliza e força a entrada na área... e o Figueira marca forte, a meia altura.

Fomos para o intervalo a vencer por dois golos mas foi complicado. Rematámos muito mas não havia maneira da bola entrar.

Na segunda parte, mal o jogo começa, volto a marcar. O André Moreira dá-me a bola e faz um bloqueio, eu puxo para esquerda e remato para o 3-0. No quarto golo, devolvi a assistência. Remato e o André desvia à boca da baliza.

O Carvalhos já tinha aberto um pouco após o terceiro mas foi ainda mais notório após o quarto. E animicamente também sentimos que se foram um bocado abaixo.

Com André Moreira na expectativa. Os dois jogadores combinaram para os terceiro e quarto golos

Ainda assim, o Girão viu azul - levantou o stick mas, na minha opinião, não era caso para azul – e, no livre directo, o Carvalhos marcou o seu golo, com o Armando Quintanilla a bater o Zé Diogo.

Para mim, estivemos melhor na segunda parte do que na primeira e pressionámos muito. O quinto golo surge num livre directo em que remato de pronto a meia altura para o lado esquerdo do guarda-redes e o 6-0 é o Nico que marca. Saímos em contra-ataque e o João Pinto põe de primeira para o Nico ao segundo poste fazer o seu primeiro golo pelo Sporting.

Foi uma partida em que fomos sempre em crescendo de ânimo ao longo da partida, muito também pela ajuda do público. Ter ali aquele público a puxar por nós é muito bom. E ainda mais na segunda parte, dado que atacávamos para o lado onde estava a claque. A motivação era ainda maior.

Jogos relacionados

Sporting CP
6 : 1
13 Dez 16h00
CH Carvalhos
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade