Notícia

Duas '(meias)surpresas' e velhos rivais saltam para a frente

Jan 27, 2020

O Óquei de Barcelos não foi além de um empate em casa frente ao Turquel e perdeu novamente a liderança, “assaltada” por Benfica e Sporting. No grupo da frente da classificação, o Porto também foi “surpreendido” em Viana.

As aspas em “surpreendido” têm muito de intencional. Nem Porto, nem Óquei de Barcelos poderão dizer que não estavam avisados para Juventude de Viana e Turquel.

Ao jogo que – em conjunção com vitórias alheias – custou a liderança ao Óquei de Barcelos, o Turquel chegava com o “cartão de visita” de ter obrigado, também ora-de-portas, Benfica e Sporting a suarem até ao minuto final para conseguirem vitórias por 3-2 e 5-3, recordando que na passada quarta-feira os leões entraram no último minuto empatados… e, desta feita, o Turquel assegurou mesmo o empate.

Tiago Mateus, com um hat-trick, custou a liderança ao Óquei de Barcelos

Os “brutos dos queixos” adiantaram-se aos 10 minutos por aquele que viria a ser o herói do jogo: Tiago Mateus. O jovem atacante turquelense marcou por duas vezes numa primeira parte que terminou empatada a três e voltou a adiantar o Turquel na segunda parte, consumando um hat-trick. O Óquei, depois de uma extraordinária reviravolta com o Benfica, nunca conseguiu estar à frente do marcador, não logrando mais do que chegar ao 4-4, que seria final.

Em Viana do Castelo, o Porto ainda teria presente o empate da ronda inaugural, em Fânzeres, por 3-3. Mas não “aprendeu” …

Numa primeira parte que teria cinco azuis, os dragões chegaram cedo – aos nove minutos – a uma vantagem de dois golos, por Carlo Di Benedetto e o inevitável Gonçalo Alves. Mas não conseguiria “cavar” mais a vantagem frente a um conjunto vianense que já mostrou valor, mas que tarda em fugir da zona de despromoção.

A 10 minutos do final, Francisco Silva reduziu e relançou a incerteza quanto ao vencedor. E, já nos derradeiros três minutos, Gustavo Lima “roubou” dois pontos aos azuis-e-brancos.

Benfica e Sporting na frente

Quem beneficiou desde logo do empate do Óquei de Barcelos oram os rivais da Segunda Circular. Benfica e Sporting venceram e saltaram, a par, para a frente.

O Benfica venceu na difícil pista de São João da Madeira por 3-5. Os encarnados entraram bem e aos 15 minutos venciam por 0-3. A Sanjoanense reduziria, evocando o fantasma encarnado de Barcelos, mas Jordi Adroher – que bisou – reagiu de imediato com o 1-4. Ainda assim, não havia tranquilidade…

Pedro Cerqueira marcou a fechar a primeira parte e aos 10 minutos da segunda reduzia para a margem mínima, fazendo os encarnados tremer até aos momentos finais do jogo. Apenas minuto e meio do derradeiro apito, Lucas Ordoñez assinava o 3-5 que serenava enfim os ânimos da equipa de Alejandro Dominguez.

Mais tranquila foi a vitória do Sporting. Frente a um Riba d’Ave que tarda em reencontrar o caminho das vitórias, os leões já venciam por 2-0 aos seis minutos da primeira parte e por 5-0 aos seis minutos da segunda, chegando mesmo a uma vantagem de inusitados oito golos, com destaque para bis de Toni Perez, Gonzalo Romero e João Souto. O melhor que os ribadavenses conseguiriam seria assinar um tento de honra, por Luís Melo, a dois minutos do fim.

Jordi Bargalló assinou um hat-trick no triunfo da Oliveirense em Paço de Arcos

Também tranquilo foi o triunfo da Oliveirense em Paço de Arcos, por 0-6. Conhecendo todos os outros resultados, a Oliveirense entrou determinada na partida que encerrou a jornada e Jordi Bargalló, que assinaria um hat-trick, deu o exemplo logo aos cinco minutos.

Com 0-3 ao intervalo, a Oliveirense fez por procurar a tal tranquilidade e pressionou até lograr o quarto golo, que surgiria aos oito minutos da etapa complementar. O Paço de Arcos procurou reagir, colocando mais intensidade em pista, mas não conseguiria desfeitear Nelson Filipe.

Braga e Valongo sobem

Como vencedores, entre tabelas e na tabela classificativa, emergem desta jornada também Braga e Valongo.

Triunfantes em Torres Vedras por 4-6, os bracarenses sobem ao sexto lugar, o primeiro depois dos cinco que vão lutando pelo título. A equipa de Rui Neto ainda esteve em desvantagem, mas conseguiu virar o resultado em casa do lanterna-vermelha.

A equipa de André Gil discutiu o resultado, mas a eficácia do argentino Danilo Rampulla de livre directo levou o resultado de 2-4 para 3-6 e inviabilizou a conquista de pontos pela Física, apesar destes ainda reduzirem no minuto final.

O Valongo não passou por sobressaltos… Em Almeirim, chegou ao intervalo a vencer por quatro golos sem resposta e, apesar de António Estrela reduzir cedo após o reatamento, não permitiram veleidades. E confirmaram o triunfo – e a subida ao sétimo lugar – com mais três golos.

Mais mexidas no topo prometidas

Na próxima jornada, a 15ª, há mais agitação no topo prometida. Ou, melhor, garantida, dado que o Sporting viaja até Oliveira de Azeméis.

Sem margem para (mais) escorregadelas, o líder (por confronto directo) Benfica recebe o lanterna-vermelha Física, e o Porto recebe o Paço de Arcos. Já o Óquei de Barcelos desloca-se a Riba d’Ave para um duelo minhoto que promete ser muito intenso.

I Divisão - 14ª jornada

Resultados

• Sporting 8-1 Riba d’Ave

• Óquei de Barcelos 4-4 Turquel

• Sanjoanense 3-5 Benfica

• Física 4-6 Braga

• Os Tigres 1-7 Valongo

• Juventude de Viana 2-2 Porto

• Paço de Arcos 0-6 Oliveirense

Classificação

1ºs Benfica e Sporting (34 pontos), 3º Óquei de Barcelos (33), 4º Oliveirense (32), 5º Porto (30), 6º Braga (19), 7ºs Valongo e Sanjoanense (16), 9º Turquel (15), 10º Riba d’Ave (14), 11º Paço de Arcos (12), 12º Juventude de Viana (11), 13º Os Tigres (10), 14º Física (4)

I Divisão - 15ª jornada

Sábado, 1 de evereiro

• Porto vs. Paço de Arcos • 15h

• Benfica vs. Física • 17h

• Braga vs. Os Tigres • 18h

• Riba d’Ave vs. Óquei de Barcelos • 18h30

• Valongo vs. Juventude de Viana • 18h30

• Turquel vs. Sanjoanense • 21h

Domingo, 2 de evereiro

• Oliveirense vs. Sporting • 15h

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade