Vamos Falar de Hóquei em Patins

«Teremos de esperar para ver se o Campeonato retoma e fazer as contas no fim»

Mar 29, 2020

Depois da celebração do seu 49º aniversário na quinta-feira, Luís Duarte esteve esta sexta-feira no “Vamos Falar de Hóquei em Patins”, para uma conversa que foi muito para além dos 50 minutos de jogo… e do prolongamento, e do desempate por grandes penalidades.

Contando-nos como vai vivendo e gerindo – a nível pessoal e da equipa – este momento complicado na vida de todos, o treinador do Paço de Arcos falou-nos da temporada da sua equipa. Ocupando o 12º lugar da classificação, a equipa da Linha está nos lugares de despromoção, mas Luís Duarte recusa um cenário em que – não se jogando mais - seja considerada a classificação actual, pela total desigualdade de circunstâncias (mormente, adversários defrontados) por cada um dos interessados nas diferentes lutas.

O Paço de Arcos é mais uma equipa a apostar em jovens valores, mas, tirando “romantismo” a uma eventual mudança de paradigma nas direcções dos clubes, Luís Duarte aponta motivos financeiros para tal. Entre algumas recordações dos títulos europeus e mundiais de Sub-20, o multitulado treinador lembra que esses jogadores precisam de tempo para se afirmarem na I Divisão e atingirem o lugar que se lhes preconiza desde jovens.

De um início de temporada com um plantel “mais curto” – coordenado com a equipa “B” – à chegada de João Sardo, uma mais-valia, passando pelo momento marcante da perda de Énio Abreu, Luís Duarte apontou as debilidades da sua equipa técnica, com escassez de recursos, mas destacou a importância de Diogo Silva e Nelson Ribeiro na gestão do plantel numa temporada que a nível nacional também tem sido marcada por muita polémica fora de pista.

• Veja ou reveja todas as emissões do “Vamos Falar de Hóquei em Patins” aqui ou ouça nas diferentes plataformas de podcast.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade