Notícia

Pensamento no regresso às pistas

Apr 13, 2020

Os clubes da I Divisão reuniram e apresentaram - representados por quatro dos clubes - as suas propostas à Federação de Patinagem de Portugal (FPP). No passado dia 3, a FPP convocou os clubes para uma reunião para apresentar a sua "contra-proposta" e este sábado terminou o prazo delineado para as associações territoriais exporem os seus contributos.

Em cima da mesa foram colocados pela FPP diversos cenários de continuidade, sendo que a retoma depende sempre da evolução da pandemia. A época termina a 31 de Julho - colocando-se aparentemente de parte a hipótese de se prolongar por Agosto ou mais além - e, dependendo de ordens estatais, as competições poderão mesmo ser concluídas à porta fechada, sem público. Salvaguardando a preparação dos atletas, pressupõe-se que haja sempre um tempo mínimo de preparação entre 10 a 15 dias.

Terminar todos os Campeonatos ou só a I Divisão

Para viabilizar o final das I, II e III Divisões, é apontado o reinicio - o mais tardar - a 13 de Junho, podendo prolongar-se a temporada até 26 de Julho. Num cenário mais concentrado, a Taça de Portugal teria a sua Final Four a 11 e 12 de Julho.

Caso as II e III Divisões não reúnam condições para o seu término, o foco será em terminar a I Divisão, o apelidado "Melhor Campeonato do Mundo".

Num cenário optimista dentro do pessimismo de não se jogarem as outras divisões, o Nacional da I Divisão retomaria a 6 de Junho e teria a Taça de Portugal decidida em Final Four a 11 e 12 de Julho. Em cenários mais pessimistas, o que falta jogar da I Divisão - sete jornadas - seria disputado em Julho, a partir de dia 1 ou dia 8... depois de se decidir a Taça de Portugal.

Taça de Portugal com final a 16?

A Taça de Portugal, ainda com 16 equipas em prova, pode ter oitavos-def-inal, quartos-de-final, "meias" e final num mesmo palco e em dias consecutivos, sendo que os oito jogos dos oitavos teriam de ser repartidos em dois dias. Tal poderia acontecer entre 22 e 26 de Julho, ou - nos cenários em que as II e III Divisão não pudessem ser concluídas - antecipadas para 24 a 28 de Junho ou 1 a 5 de Julho, antes de se iniciar o que alta disputar da I Divisão.

Planos para os seniores femininos

O Campeonato Nacional de Seniores Femininos tinha prevista uma decisão em playoff, que só está previsto no cenário mais optimista de reatamento a 7 de Junho, disputando-se depois meias e final à melhor de três jogos, com a Final Four da Taça de Portugal "empurrada" para 25 e 26 de Julho.

Se o reatamento acontecer mais tarde - colocando-se o cenário mais "negro" de 3 de Julho -, poderá vingar a classificação no final da fase regular. Recorde-se que, com cinco jornadas (e mais alguns jogos em atraso) por disputar, o Benfica lidera com mais três pontos e menos um jogo que o Sporting, tendo as águias vencido os dois jogos frente às leoas, o que lhes garante também vantagem no confronto directo. Matematicamente - num cenário sem playoffs -, apenas Benfica, Sporting, Académica e Carvalhos podem chegar ao título.

A Taça de Portugal ainda tem em falta os quartos-de-final, sendo hipótese, tal como no masculino, uma resolução concentrada, em dias consecutivos.

Com os clubes da I Divisão está prevista nova reunião para esta terça-feira, 14 de Abril. Para as II Divisão, III Divisão e emininos, os contactos decorrerão até 30 de Abril antes de se definirem novos passos.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade