Notícia

Lodi bate Trissino na jornada em que a CoViD-19 entra em jogo

Nov 01, 2020

Foto de capa: Amatori Wasken Lodi

O Lodi venceu o Trissino por claros 5-1 numa quarta jornada da Série A1 que fica marcada pela entrada da CoViD-19 em jogo. Três jogos foram adiados.

A Série A1 foi a primeira grande prova a ser “atacada” pela CoViD-19, numa situação em que a situação em Itália era a mais dramática do planeta. O país e a competição recompuseram-se e tudo corria sobre rodas. Até esta semana.

Forte, Montebello, Monza, Folloniza, Scandiano e Grosseto viram os seus jogos adiados e, com o embate entre Bassano e Correggio agendado apenas para 4 de Novembro, tiveram lugar apenas três partidas.

Lodi vence os “ex”

Uma das partidas realizadas, era a que mais expectativa tinha em seu redor. Nuno Resende, João Pinto e Davide Gavioli regressavam a um PalaCastelloti que fora a sua casa na pretérita (e não só) temporada. Mas não foram “bem recebidos”.

Aos nove minutos, Caio até adiantou os visitantes, e o Lodi não conseguiria melhor do que repor a igualdade antes do intervalo, com um golo do catalão Jordi Mendez. Na segunda parte, paulatinamente, o Lodi construiu um triunfo robusto.

Nuno Resende viu Malagoli desperdiçar um livre directo aos três minutos, num mau prenúncio… Enric Torner virou o jogo e a “candeia” de “Gigi” Bresciani passava a alumiar duas vezes. Com equilíbrio no jogo, a maior tranquilidade de ir à frente vingaria.

A cinco minutos do final, Alberto Greco – que fez o percurso inverso, de Trissino para Lodi – fez o 3-1 numa excelente jogada individual. E “Checco” Compagno e Jordi Mendez, ambos de livre directo, selaram o triunfo por 5-1 que vale já uma vantagem de seis pontos sobre o também candidato Trissino na classificação.

Valdagno goleia com poker de André Centeno

O Lodi somou a quarta vitória em outros tantos jogos, num desempenho vitorioso sem igual nesta Série A1. Os mais próximos são, ainda sem perderem, o Bassano, que joga quarta-feira, e o Valdagno, que goleou o Sandrigo por 9-2.

A equipa de Diego Mir teve uma eficácia impressionante e ao intervalo já vencia por 5-0. O capitão Mattia Cocco e o português André Centeno assinaram quatro golos cada, juntando-se um de De Oro para uma vantagem de nove golos sem resposta a ainda largos 11 minutos do final.

Marc Vazquez bisou para a equipa de Diogo Neves e Cacau e minimizou – mas não muito – uma derrota pesada.

Sarzana vence em Breganze

Outro “poker” aconteceu em Breganze. O argentino Francisco Ipinazar apontou quatro golos no triunfo do Sarzana, no regresso às vitórias da equipa liderada por Alessandro Bertolucci.

Na ressaca da derrota na recepção ao Lodi, o Sarzana já vencia ao intervalo (1-2) e garantiriam os três pontos com um 3-6 sobre um Breganze que, reconstruído, continua a mostrar muitas fragilidades.

Série A1 2020/21

4ª Jornada

• Lodi 5-1 Trissino

• Valdagno 9-2 Sandrigo

• Breganze 3-6 Sarzana

• Bassano vs. Correggio • 4.Nov • 20h45

• Forte vs. Montebello

• Monza vs. Follonica

• Scandiano vs. Grosseto

Classificação

1º Lodi (12 pontos), 2º Valdagno (10), 3º Sarzana (9), 4º Bassano* (7), 5º Trissino (6), 6º Forte* (6), 7º Grosseto* (6), 8º Montebello* (4), 9º Correggio* (4), 10º Sandrigo (3), 11º Follonica* (1), 12º Scandiano* (1), 13º Monza* (0), 14º Breganze (0)

* com menos um jogo

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade